13/10/12 13:04
Atualizado em 13/10/12 às 13:04

Projeto do governo aproxima jovens do primeiro emprego

Desde 2011, ação encaminhou 1,6 mil ao mercado de trabalho. Número deve chegar a 2 mil até o fim do ano

O projeto Jovem Cidadão, do Governo do Distrito Federal, oferece a oportunidade para jovens recém-dispensados do serviço militar se candidatarem ao primeiro emprego. A ação começou em 2011 e já encaminhou cerca de 1,6 mil jovens ao mercado de trabalho. Esse número deve chegar a 2 mil, ainda este ano.

Ao se alistarem, os adolescentes aprendem posturas básicas utilizadas pelas Forças Armadas e cumprem rito tradicional antes de receberem o Certificado de Dispensa de Reservista. No mesmo local, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do DF (Sejus) realiza o cadastro dos jovens interessados no primeiro emprego. As fichas preenchidas são encaminhadas a empresas parceiras do projeto, para as quais os jovens são chamados para entrevistas.

Elito Freitas, 18 anos, participou do juramento à Bandeira do Brasil que reuniu nesta quinta-feira (11) 360 jovens na Junta Militar de Ceilândia. Ele reconhece a importância da cerimônia. “É bom aprendermos alguns ensinamentos militares, que geralmente são baseados em disciplina e hierarquia e que podemos aplicar em vários momentos da nossa vida”, avalia. Quanto ao projeto, Elito acredita que é uma boa oportunidade para quem ainda não conseguiu uma vaga no mercado de trabalho.

Para Gabriel Júnior, que também tem 18 anos, a expectativa de ser encaminhado a um emprego é grande. “Eu faço curso profissionalizante na área de Tecnologia da Informação e espero conseguir um emprego. Quero que, quando surgir a entrevista, o meu curso faça a diferença”, declara.