1/8/15 2:56
Atualizado em 12/5/16 às 17:52

Recanto das Emas recebe 3ª Roda de Conversa

Diálogo do governador Rodrigo Rollemberg com moradores abordou temas relacionados à educação e ao transporte público, entre outros


. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Na semana em que completa 22 anos, o Recanto das Emas recebeu a terceira Roda de Conversa do governo de Brasília. Na noite desta sexta-feira (31), no Ginásio do Tatuzão, na Quadra 300, o diálogo entre o governador Rodrigo Rollemberg e cerca de 450 pessoas — segundo cálculo do Corpo de Bombeiros Militar — durou quase duas horas e trouxe para o centro do debate assuntos relevantes, como melhorias no sistema de transporte, na saúde, na cultura, no esporte e na educação.

Quem deu as boas-vindas ao governador e ao público foi o grupo Batucadeiros, de percussão corporal. Os adolescentes integram o Instituto Batucar, organização não governamental com sede no Recanto que ensina em torno de 250 crianças e adolescentes a tocar instrumentos musicais. Depois da apresentação artística, abriu-se o espaço para as perguntas.

Os cortes em algumas linhas de ônibus nas Quadras 600 e 800 foram questionados por quem utiliza o transporte público. Rollemberg explicou que ali houve, na verdade, a otimização do serviço, para evitar a sobreposição de viagens. Antes, 17 linhas atendiam cerca de 1,5 milhão de passageiros por dia. Agora são 10, mas a capacidade aumentou para 1,7 milhão de usuários. Isso porque, dos 50 coletivos que operam na região, 25 são articulados que podem transportar até 130 pessoas. Apesar das mudanças, o governador reconheceu que é preciso promover mais melhorias no sistema. “Ainda estamos desenvolvendo adaptações e buscando uma solução definitiva.”

Ainda na área de mobilidade, o chefe do Executivo local falou do objetivo de construir um viaduto entre o Recanto e o Riacho Fundo II. “Vamos iniciar os projetos, pois sabemos da necessidade dessa obra para melhorar a qualidade de vida da população.”

Educação
No setor da educação, o governador anunciou uma parceria com o Instituto Federal de Brasília a fim de oferecer cursos profissionalizantes para aproximadamente 800 estudantes da região administrativa. Ainda neste semestre, um prédio na Quadra 300 será reformado para receber a iniciativa no começo do próximo ano letivo.

Membro de um grupo da terceira idade, Maria Moraes pediu a reforma da piscina do Centro de Convivência ao Idoso, na Quadra 206, onde são ministradas aulas de hidroginástica e de outras modalidades aquáticas. Rollemberg determinou que o espaço seja revitalizado em um prazo de 30 dias.

Nas áreas de cultura e esporte, a reivindicação foi por mais espaços e materiais, como bolas, calçados, uniformes. O governador pediu para que a administração regional faça um mapeamento de todos os projetos sociais existentes. A ideia é traçar políticas públicas com base nesse levantamento. “Reconhecemos que essas iniciativas são fundamentais para manter a meninada longe das ruas, e me comprometo a pensar alternativas que contemplem esses projetos”, disse.

Inscreveram-se no evento 101 pessoas. Dessas, dez foram sorteadas para fazer perguntas a Rollemberg. Todas as outras demandas vão ser examinadas pela equipe técnica do governo e respondidas pelos canais (e-mail e telefone) informados nas fichas de inscrição.

Incidente
No início da Roda de Conversa, um curto-circuito em uma das luminárias do ginásio desligou o sistema de som. O Corpo de Bombeiros Militar tomou as medidas de segurança necessárias e, em poucos minutos, retomou-se a conversa entre o governador e a comunidade, sem riscos aos participantes. O local passou por vistoria da corporação antes do evento e durante.

As duas Rodas de Conversa anteriores ocorreram em junho: a primeira na Candangolândia, no dia 2, e a segunda, no Itapoã, no dia 25.

22 anos
Fundado em 1993, o Recanto das Emas tem 145.304 habitantes distribuídos em 41.434 domicílios, de acordo com a Companhia de Planejamento do Distrito Federal. O ritmo acelerado do desenvolvimento econômico na última década contribuiu para a geração de empregos. Diversas lojas de grande porte do ramo de vestuário e eletrodoméstico, além de redes de supermercados, instalaram-se na região administrativa. Não por acaso, o segmento de serviços absorve mais de 90% dos postos de trabalho locais.

Leia também:

Em evento com o governador, moradores do Itapoã pedem creches

Governador dialoga com moradores da Candangolândia

Recanto das Emas comemora 22 anos com muita festa

Veja a galeria de fotos: