24/11/11 15:53
Atualizado em 24/11/11 às 15:53

Democracia participativa

Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social terá 80 integrantes da sociedade civil e do governo e discutirá soluções para os próximos 50 anos do DF


. Roberto Barroso

Victor Ribeiro, da Agência Brasília

A gestão participativa no Distrito Federal conta, a partir de agora, com mais um fórum de diálogo para promover o crescimento econômico e social na capital do país. Trata-se do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal (CDES-DF), que tem a missão de assessorar o Governo do DF na elaboração de políticas públicas e na busca de soluções para os próximos 50 anos.

“A importância do Conselho é ativar os mecanismos da democracia participativa, para que os cidadãos que não estão no governo possam participar das decisões sobre o futuro da capital”, destacou o governador Agnelo Queiroz, presidente do CDES-DF.

O lançamento do Conselho ocorreu na noite dessa quarta-feira (23/11), no Memorial JK. Acompanhado pela primeira dama Ilza Queiroz, o governador Agnelo Queiroz anunciou os nomes dos 80 integrantes do grupo. São personalidades ligadas à história do Distrito Federal, especialistas, intelectuais, representantes dos movimentos sociais e do empresariado local, além de integrantes do governo.

“A criação do Conselho foi motivada pela necessidade de construir no Distrito Federal uma cultura que não seja a do imediatismo, praticada nos últimos anos, mas a de pensar a nossa capital para o futuro”, ressaltou o secretário-executivo do CDES-DF, o secretário de Governo Paulo Tadeu. Ele lembrou que esta não é a primeira vez que o povo é chamado a participar das políticas do GDF: “O governador não tem apenas discursado pela democracia participativa, mas a tem praticado. Tivemos este ano, por exemplo, a retomada do Orçamento Participativo e das Conferências Distritais”, informou.

Contribuição – O conselho colaborará com a gestão pública com base em quatro eixos: crescimento econômico, distribuição de renda, geração de emprego e sustentabilidade. Prestar assessoramento direto ao Poder Público, inclusive com a elaboração de estudos e documentos, propor medidas necessárias ao desenvolvimento socioeconômico e colaborar com a promoção do diálogo permanente entre governo e sociedade estão entre as atribuições dos novos conselheiros.

Para a secretária-adjunta do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, Angela Gomes, o CDES-DF “é o signo de um governo que se abre para o diálogo com a sociedade”. Já o vice-presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Dr. Michel, afirmou que “a criação desse Conselho é primordial para o desenvolvimento da capital”.

Também integram o conselho o vice-governador, Tadeu Filippelli, 18 secretários de Estado, quatro presidentes de empresas públicas e 54 lideranças de diferentes setores. Ao todo, serão 80 conselheiros, que exercerão mandato de um ano, sem remuneração.

Grupo plural – O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal é inspirado no CDES da Presidência da República, criado em 2003 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A composição do CDES-DF terá como marca a pluralidade. Três grupos formam a estrutura da sociedade civil. O grupo dos movimentos sociais é integrado por representantes dos movimentos sindical e social, do cooperativismo e das organizações não governamentais; o setor empresarial é composto por lideranças de organizações empresariais da indústria e comércio, agronegócio e do setor financeiro. O grupo de personalidades é integrado por acadêmicos, intelectuais e lideranças.

Leia aqui a íntegra do Decreto nº 33.359, de 23 de novembro de 2011, que cria o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal (CDES/DF). Confira abaixo a lista com os nomes dos novos conselheiros:

Agnelo Queiroz – Governador do Distrito Federal e Presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF

Tadeu Filippelli – vice-governador do Distrito Federal

Paulo Tadeu – Secretário de Governo do Governo do Distrito Federal e Secretário Executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF

Adelmir Santana – Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do DF

Alvaro Silveira Júnior – Empresário e dono da rede de drogarias Rosário

Amábile Pácios – Presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF

Antônio Rocha – Presidente da Federação da Industria de Brasília

Danielle Bastos Moreira – Presidente da Associação Comercial do DF

Elson Ribeiro e Póvoa – Empresário e Ex-presidente do Sinduscon

Getúlio Américo Moreira Lopes – Reitor do Uniceub

Jaime Recena – Presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do DF

Jorge Ferreira – Empresário do ramo de Bares e Restaurantes

Jorge Luiz Salomão – Empresário da Construção Civil

José Sobrinho Barros – Presidente da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Distrito Federal

Marcos Pereira Lombardi – Empresário e Proprietário do Jornal de Brasília

Maria Inês Ávila – Presidente do Sindicato de Turismo Rural e Ecológico do DF

Renato Simplício – Presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do DF

Suelly Santos Nakao – Presidente do Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do DF

Suely Maria Silva – Diretora Administrativa e Financeira da WISE – Indústria de Telecomunicações

Talal Ahmad Abu Allan – Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do DF

Alessandra da Costa Lins – 1ª. Vice Presidente da Contag

Francisco Caputo Neto – Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do DF

Jacy Afonso – Bancário e membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Nacional

Milton Fornazieri – Representante da Direção Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Brasil

José Calisto Ramos – Presidente da Nova Central Sindical

José Eudes – Presidente da Central Única dos Trabalhadores – DF

Juçancio Umbelino – Presidente Conselho Regional de Economia

Lincon Macário Maia – Presidente do Sindicato dos Jornalistas

Mara Cristina Moscoso – Presidente do Fórum de ONGS Ambientalistas DF

Mário Lacerda – Secretário Geral da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – DF

Max Maciel – Coordenador Geral da Central Única de Favelas – DF

Patrícia de Mattos – Vice-Presidente da União Nacional dos Estudantes – DF

Paulo Paranhos – Presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil no DF

Rodrigo Lopes Brito – Presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília

Aldo Paviani – Geógrafo e Urbanista, Professor do Departamento de Geografia da UnB

Alexandra Capone – Produtora Cultural e Presidente da ONG Porão do Rock

Célia Porto – Cantora

Dom Sérgio da Rocha – Arcebispo de Brasília

Genivaldo  Oliveira (GOG) – Rapper

João Carlos Teatine de Souza Clímaco – Professor do Departamento de Engenharia da UnB

José Geraldo de Souza Júnior – Reitor da UnB

José Mario Tranquilini – Esportista e Judoca

Luciana Acioly – Pesquisadora e Chefe da assessoria do IPEA

Luiz Carlos Alcoforado – Advogado

Marcelo Lavenere Machado – Advogado

Márcio Florentino Pereira – Diretor do Departamento de Saúde Coletiva da UNB

Maurício Corrêa – Jurista e ex-presidente do STF

Murillo de Aragão – Economista e Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF

Pastor Egmar Tavares – Presidente da Assembleia de Deus DF

Pastor Faad Faraj – Líder da Igreja Ministério da Fé

Ronaldo Costa Couto – advogado

Abidon Araújo – Secretário de Desenvolvimento Econômico

Arlete Avelar Sampaio – Secretário de Desenvolvimento Social

Cristiano Araújo – Secretário de Ciências e Tecnologia

Denilson Bento da Costa – Secretário de Educação

Dirsomar Chaves – Secretário de Micro e Pequena Empresa

Edson Ronaldo Nascimento – Secretário de Planejamento

Eduardo Brandão – Secretário de Meio Ambiente

Geraldo Magela – Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação

Glauco Rojas Ivo – Secretário do Trabalho

Hamilton Pereira – Secretário de Cultura

José Walter Vazquez Filho – Secretário de Transporte

Lúcio Valadão – Secretário de Agricultura

Luis Otávio Rocha Neves – Secretário de Turismo

Newton Lins – Secretário de Assuntos Estratégicos

Oto Silverio – Secretário de Obras

Rafael Barbosa – Secretário de Saúde

Renato Andrade dos Santos – Secretário do Entorno

Roberto Wagner – Secretário do Conselho de Governo

Marcelo Piancastelli – Secretário de Fazenda

Rubem Fonseca – Presidente da CEB

Célio Biaviti Filho – Presidente da Caesb

Jacques Pena – Presidente do Banco de Brasília

Antônio Carlos Rebouças – Presidente da Terracap