21/11/12 19:50
Atualizado em 17/5/16 às 14:36

Segurança e infraestrutura no Lago Norte

Investimentos pretendem consolidar a região administrativa como uma das melhores para se viver no DF

Na série de entrevistas semanais com administradores regionais, a AGÊNCIA BRASÍLIA conversa com o administrador do Lago Norte, Jaime Recena. Ele fala sobre ações para melhoria de uma das regiões mais valorizadas do Distrito Federal, que mesmo com alto padrão aquisitivo estava carente de alguns serviços. “Estamos trabalhando para que o Lago Norte se consolide cada vez mais como uma das áreas de melhor qualidade de vida do Distrito Federal”, declara Jaime Recena.
 

Como estão sendo esses primeiros meses de sua gestão?
Nos três meses em que estamos à frente desta região administrativa colocamos em dia toda a parte administrativa da cidade. Havia alvarás atrasados e pendência de documentação, como o Habite-se (atestado de que a construção segue as normas legais de edificação). Com a normalização dos serviços foi possível atender os moradores com mais rapidez.

O que tem sido prioridade para a comunidade?
A segurança. Estamos construindo a sede do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBM-DF) e a do 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A participação da população nesse processo foi primordial para que as demandas fossem atendidas, principalmente com o Orçamento Participativo.
 

Quais investimentos e projetos estão previstos para o desenvolvimento econômico da região?
Temos um projeto, que logo estará em execução, para construir um complexo administrativo no Centro de Atividades, ao lado da sede da Caesb, que abrigará Ministério Público, Fórum de Justiça, sede da administração regional, CEB e o próprio 24º Batalhão.
 

Como estão os investimentos nas áreas de lazer do Lago Norte?
Finalizamos recentemente o projeto para o uso do Parque das Garças, que estava parado há cinco anos. Agora, a população também poderá utilizá-lo para lazer.
 

O que tem sido feito para desenvolver áreas rurais passíveis de regularização?
Elas estão recebendo investimentos como iluminação. Também incentivamos os produtores a venderem seus produtos em uma feira, que pretendemos tornar permanente, sempre aos finais de semana. Na região do Taquari, em parceria com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), construiremos uma pista para facilitar o deslocamento de veículos e a entrada de caminhões para coletar o lixo.
 

Existem projetos para realizar melhorias na infraestrutura?
Estamos fazendo melhorias no sistema de captação de águas das chuvas. Também pretendemos investir na construção de ciclovias, que ajudarão a melhorar o trânsito, e na conclusão do Parque das Garças.