24/1/13 13:12
Atualizado em 17/6/16 às 15:30

Regularização avança no Jardim Botânico

Na série semanal de entrevistas com administradores regionais, Cesar Trajano de Lacerda destaca à AGÊNCIA BRASÍLIA que o GDF promove diversas ações no Jardim Botânico para melhorar sua infraestrutura. Além disso, realiza um intenso trabalho para que a cidade seja regularizada e ganhe novos equipamentos públicos


. Foto: Lula Lopes

Empossado em 1º de janeiro de 2011, Cezar Trajano de Lacerda destaca que o Jardim Botânico recebe diversas melhorias para elevar o padrão da qualidade de vida dos seus moradores. Segundo ele, novas calçadas foram construídas, ruas recapeadas e mais iluminadas. A administração regional também realiza parcerias com os condomínios habitacionais para levar serviços essenciais, já que esse tipo de moradia é uma forte característica da cidade. Lacerda também fala que a segurança no Jardim Botânico é exemplar, e que em 2012 não foram registrados crimes violentos, nem de assaltos.
 

Quais são as ações para melhorar a infraestrutura da cidade?
 

Nós executamos diversas obras de urbanização no Jardim Botânico. As melhorias podem ser notadas já na entrada da cidade, que passou por limpeza para retirada de entulho e terra em cerca de 6km de extensão. Depois de limpo, o local recebeu plantio de grama e parte das 1,8 mil mudas de árvores plantadas por toda a comunidade, sobretudo palmeiras e ipês. Os moradores também contam com sistema de captação de águas pluviais ampliado e 473 novas lâmpadas, instaladas em parceria com a Companhia Energética de Brasília (CEB).
 

O que foi feito para melhorar o trânsito de pessoas e carros na cidade?
 

Construímos 2,7 mil metros lineares de calçada e meios-fios para os pedestres, além de 17 paradas de ônibus que foram licitadas para atender quem utiliza o transporte público. Os motoristas também têm melhores condições para dirigir. Aproximadamente 1,5 mil buracos nas vias da cidade foram tapados; a Estrada do Sol recebeu recapeamento em 6km de extensão; além disso, instalamos 10 quebra-molas e 20 placas de sinalização. Houve, ainda, a construção de três balões em vias do Jardim Botânico e o estacionamento do Setor Comercial foi reformado.
 

Como é a relação da administração com os condomínios da cidade para implantação de políticas públicas?
 

A administração regional faz diversas parcerias com os condomínios para assegurar que os moradores tenham qualidade de vida. A poda de árvores e o corte da grama são realizados, periodicamente, com equipamentos disponibilizados pela administração. Nós também desenvolvemos diversos trabalhos de conscientização ambiental para que as pessoas parem de jogar lixo nas ruas e mantenham o ambiente limpo. Hoje, o Jardim Botânico é a cidade mais limpa do Distrito Federal. Os moradores dos condomínios também são responsáveis por essa vitória.
 

Como está a segurança na cidade?

As pessoas podem andar com tranquilidade pelas ruas. Durante 2012, não houve nenhum registro de assalto nem de crimes violentos no Jardim Botânico. Nós temos um Posto de Polícia Comunitária e a atuação dos policiais é excelente. O patrulhamento é feito constantemente.
 

Como está o processo de legalização do Jardim Botânico?
 

O governo está trabalhando para a legalização da cidade. Em dezembro de 2012, o Conselho de Planejamento Territorial e Urbano (Conplan) aprovou os projetos de regularização de parcelamento do solo dos condomínios: Jardim Botânico V e Jardim Botânico V-A. A próxima etapa é a assinatura de decreto pelo governador Agnelo Queiroz para que os parcelamentos possam seguir para registro cartorial. Outros condomínios também estão próximos de serem regularizados: Jardim Botânico I; Quintas Interlago; Mirante das Paineiras; Parque Jardim das Paineiras; Ecológico Vilage III; Jardins do Lago Quadra II; Lago Sul I, Quintas Bela Vista e Vilages da Alvorada I e II. Todos eles têm projetos urbanísticos aprovados pelo GDF. Com as legalizações, haverá benefícios como maior volume de recursos e instalação de novos equipamentos públicos na cidade.
 

Quais são os projetos para o Jardim Botânico?
 

Estamos em permanente diálogo com a comunidade sobre a construção de um posto para abrigar o Corpo de Bombeiros Militar e de uma Delegacia de Polícia. Até porque o Jardim Botânico utiliza esses serviços das cidades vizinhas. Os projetos de engenharia estão prontos e já existe área destinada, que deve ser liberada ainda neste ano. O início das construções depende de uma decisão legal para definir se o terreno é da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) ou do Condomínio Solar de Brasília. As partes já se declararam dispostas a ceder o espaço para as construções assim que o processo for julgado.