30/9/13 17:03
Atualizado em 30/9/13 às 17:03

Lei que reestrutura carreira de gestores no DF é sancionada

Mais de 11 mil servidores de Políticas Públicas e Gestão Governamental serão beneficiados com novas gratificações e bolsas para especialização


. Foto: Roberto Castro/GDF – 30/09/2013

 BRASÍLIA (30/10/13) – Com a sanção, hoje, da lei que reestrutura a carreira de Políticas Públicas e Gestão Governamental (PPGG), mais de 11 mil servidores de todas as secretarias do GDF passam a contar, além de outros benefícios, com novas gratificações e 1,1mil bolsas anuais para capacitação.

 

“Estamos profissionalizando uma carreira permanente que antes era muito desvalorizada, tida de forma pejorativa como ‘carreirão’, e hoje vai permear a administração pública permanente do Distrito Federal- as secretarias e administrações”, destacou o governador Agnelo Queiroz durante a cerimônia de sanção da lei.

 

Segundo o governo, a carreira -até então esquecida pelas gestões anteriores- agora ganha caráter transversal e será responsável por manter as políticas públicas em andamento no nível estratégico em todos os órgãos da administração direta, mesmo com a troca de governos.

 

“Vamos qualificar cada vez mais esses profissionais para poder dar um funcionamento estável à máquina governamental, com eficiência, com agilidade, com servidores que crescem na carreira”, acrescentou Agnelo.

 

Entre as novidades está a criação da Gratificação por Habilitação, como estímulo à formação continuada da categoria, abertura de 1,1 mil vagas anuais em cursos de capacitação e pós-graduação para servidores, e criação de um terceiro cargo na carreira -o de assistente em PPGG.

 

“Ele (o GDF) dá uma gratificação e ao mesmo tempo investe nos servidores, no momento em que ele cria essa formação continuada da categoria. É um motivo de alegria para a gente”, elogiou o presidente do Sindireta, sindicato que representa, entre outras, a carreira de PPGG.

 

HEMOCENTRO– Na oportunidade, o governador Agnelo Queiroz sancionou também a lei que reestrutura a carreira dos servidores do Hemocentro, com a criação de uma gratificação para servidores que concluíram cursos de ensino médio, graduação, especialização, mestrado e doutorado.

 

A tabela de escalonamento vertical também foi reestruturada, e tanto a Parcela Individual Fixa quanto a gratificação de Atividades do Hemocentro serão incorporadas ao vencimento básico.

 

Também estiveram presentes na cerimônia de sanção das leis que reestruturaram as carreiras de PPGG e do Hemocentro: a primeira-dama Ilza Queiroz; o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure; os deputados distritais Dr Michel e Joe Valle; o diretor da Nova Central, Luiz Negreiro, e o secretário-geral da CUT-DF, André Luiz da Conceição.

 

(H.O./M.D.)