13/6/14 16:52
Atualizado em 13/6/14 às 16:52

Trecho Santa Maria-Plano Piloto do Expresso DF Sul é inaugurado

Obra beneficiará 272 mil pessoas; viagem será mais confortável, em apenas 40 minutos


. Foto: Dênio Simões / GDF

BRASÍLIA (13/6/14) – As obras do trecho do Expresso DF Sul, que liga Santa Maria ao Plano Piloto, foram inauguradas nesta sexta-feira (13) pela presidente Dilma Rousseff e pelo governador Agnelo Queiroz. O novo sistema beneficiará 272 mil moradores do Gama, Santa Maria e do Park Way e reduzirá o tempo de viagem de uma hora e meia para 40 minutos.

 

O Expresso DF Sul conta com 43,8 km de extensão, sendo 35 km destinados às faixas exclusivas de ônibus. A primeira etapa (Gama e Santa Maria) tem 36,2 km; 27,4 km são de faixas exclusivas para os coletivos. Também possui oito estações de embarque e desembarque, dois terminais e 22 viadutos.

 

“É o início de um sonho que começa a se transformar em realidade: o transporte público como prioritário. Por mais de 50 anos, o transporte individual foi prioridade”, disse o governador Agnelo Queiroz.

 

A segunda etapa terá 7,6 km de faixas exclusivas para ônibus entre a Epia, próximo ao Park Way, e o terminal da Asa Sul. A previsão de conclusão dessa etapa é dezembro deste ano.

 

“Essa obra é muito importante porque vai facilitar a minha ida para o trabalho”, disse o motorista José Batista Santos, morador de Santa Maria.

 

O investimento total do Expresso DF Sul é de R$ 761,4 milhões. Desse total, R$ 561,5 milhões vêm de financiamento público com juros subsidiados e outros R$ 199,9 milhões de contrapartida do GDF.

 

“O ônibus parece um metrô sobre rodas, em função da qualidade do veículo e do pavimento. Vai durar anos e anos. Fiquei impressionada com o projeto”, disse a presidente Dilma Rousseff, após fazer o trajeto de uma das estações até o terminal.

 

A primeira fase de teste, sem a presença do público, já começou. A partir do dia 23, deverá começar a segunda fase, chamada “Operação Branca”, com a presença do público, mas sem tarifação. Essa fase é necessária para os ajustes técnicos que garantirão a segurança dos usuários. As viagens ocorrerão das 11h às 14h. Durante a fase teste, circularão 12 ônibus articulados, com capacidade para 130 passageiros cada um.

 

Está previsto para 30 de junho o início da cobrança das passagens no trecho Gama-Plano Piloto, e, para 12 de julho, a do trecho entre Santa Maria e Plano Piloto.

 

“Foi abandonado o conceito de parada de ônibus e adotado o de estações de embarque”, explicou o vice-governador Tadeu Filippelli.

 

 

(B.F./C.C.*)