28/10/14 17:51
Atualizado em 28/10/14 às 17:51

Sinalização turística 100% implantada

Já estão instaladas 1.224 placas, em até três idiomas, nos principais pontos turísticos de Brasília


. Foto:Bruno Pinheiro/Divulgação

BRASÍLIA (28/10/14) – Os visitantes e moradores de Brasília já contam com um auxílio extra na hora de conhecer os monumentos da capital federal. A Secretaria de Estado de Turismo e Projetos Especiais do Distrito Federal finalizou a implantação das 1.224 placas de sinalização turística. Os modelos garantem o acesso e a prestação de informações sobre os locais mais relevantes da cidade sob o ponto de vista turístico.

 

Terminada a implantação, o GDF providenciou a vistoria das peças e realiza ajustes finais. “O projeto começou no início deste ano. Nós já atendemos bem aos turistas da Copa do Mundo. Agora, podemos dizer que Brasília está 100% sinalizada nos locais de interesse turístico”, disse o secretário Luis Otávio Neves.

 

As placas são dividias entre interpretativas – que trazem a história e dados técnicos dos monumentos – e indicativas – que ajudam o visitante a chegar ao local desejado. O tipo voltado à informação sobre o ponto turístico traz textos em três idiomas – inglês, português e espanhol. Já as placas de indicação de localização são em português e inglês, devido ao formato.

 

Os modelos seguem o padrão internacional de sinalização turística nas cores marrom e azul (indica serviço). Em Brasília, as placas são iguais às peças de trânsito, cuja arquitetura compõe o acervo do Museu da Arte Moderna em Nova Iorque, desenvolvida pelo servidor do GDF Danilo Barbosa.

 

A atualização da sinalização turística foi possível por meio de convênio com o Ministério do Turismo, cujo repasse de verba foi de aproximadamente R$ 1,3 milhão.

 

APLICATIVO – Além das placas turísticas, as pessoas contam com o aplicativo BeekMe, lançado neste ano pela Setur-DF.

 

Com tecnologia inédita nesse ramo, a ferramenta para smartphones funciona por georreferenciamento e sistemas de microlocalização que enviam mensagens de celular cada vez que o usuário se aproxima de um monumento da cidade. Caso o indivíduo decida entrar no ponto turístico, os Ibeacons instalados dentro do local passam a informar sobre as obras de arte e o acervo cultural disponível, também por aproximação do aparelho.

 

Para acessar o sistema, além de baixar o aplicativo, o usuário necessita habilitar a internet e bluetooth do aparelho. A tecnologia é compatível com as versões 4.5, 5 e 5s da plataforma IOS e superior a 4.3 dos celulares androids e tablets. Gratuita e interativa, está disponível nas lojas da AppStore e Google Play.

 

(C.L*)