Fale com o Governo Ações em Destaques

6/5/15 às 17:15, Atualizado em 12/5/16 às 17:52

Governo economiza com aluguéis em ocupação provisória do Mané Garrincha

Três secretarias estão de mudança para as salas do estádio. Contenção de gastos será de, pelo menos, R$ 15,6 milhões ao ano

Paula Oliveira, da Agência Brasília


. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Atualizado em 6 de maio de 2015, às 16h58

Servidores da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social terão a partir da semana que vem novo endereço de trabalho: o Estádio Nacional Mané Garrincha. Além deles, funcionários de outras duas pastas — as Secretarias de Economia e Desenvolvimento Sustentável e do Esporte e Lazer — serão transferidos, até o fim de maio, para as salas que serviram de escritório dos funcionários da Fifa, na arena, durante a Copa do Mundo de 2014. Ainda em maio, cerca de 400 servidores ocuparão 40 salas do estádio, que estavam ociosas desde o fim do campeonato mundial, em julho do ano passado.

A mudança, que começou nessa segunda-feira (4), será escalonada. A cada semana, uma pasta passa a ocupar o prédio equipado com pontos de rede interna, ar-condicionado, internet e banheiros. “Os móveis estão chegando hoje e já testamos a internet e os ares-condicionados. Está tudo funcionando muito bem”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Marcos Ribeiro Coelho. Os servidores começam a trabalhar no estádio a partir de segunda-feira (11) – enquanto isso, cumprem expediente na sede da secretaria, na 515 Norte.

A medida tem por objetivo economizar o dinheiro pago no aluguel de salas comerciais na 509 Norte e no edifício Parque Cidade Corporate. O secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, Antonio Paulo Vogel, calcula que a transferência resultará na contenção de, pelo menos, R$ 14,4 milhões em um ano. “Hoje gastamos com internet, luz, vigilância e limpeza do estádio e dos prédios alugados para abrigar partes dessas três secretarias. A partir de agora, vamos ter essa despesa apenas no estádio, fora a economia com o aluguel”, explicou.

Prazo de ocupação
Outras medidas de redução de gastos estão sendo tomadas. Três andares alugados e ocupados por servidores da Gestão Administrativa e Desburocratização ainda serão entregues até o dia 31. Os funcionários serão transferidos do Setor Bancário Sul para o Anexo do Palácio do Buriti. A economia será de R$ 100 mil por mês, R$ 1,2 milhão por ano. No início do ano, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação passou a funcionar em salas cedidas pela Secretaria de Educação, em um edifício no Setor Bancário Norte.

Para a secretária do Esporte e Lazer, Leila Barros, a mudança despertou nos servidores o sentimento de que estão no ambiente certo. “Este é um templo esportivo e estamos muito felizes em trabalhar aqui”, disse aos jornalistas no auditório da arena. Já o secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, destacou que o órgão vai conseguir, com a mudança, diminuir 90% do seu custeio. “Economizar não significa perda de eficiência, pelo contrário. Gastando menos, conseguimos nesses primeiros meses de 2015 examinar mais de 3 mil processos do Pró-DF [Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal] que estavam encalhados”, exemplificou.

Centro Administrativo
A mudança de endereço das três secretarias para o estádio não vai interferir na realização de eventos, nem de jogos de futebol. Os servidores terão acesso exclusivo às salas, da mesma forma que ocorria durante a Copa do Mundo da Fifa.

O secretário de Turismo, Jaime Recena, acrescentou durante a coletiva que a ocupação temporária também não prejudicará negociações com empresas privadas, caso o governo decida fazer a concessão da arena. “Quanto mais mostrarmos as diversas funcionalidades do estádio, mais atrairemos interessados”, concluiu.

A transferência é provisória e não impedirá que, no futuro, as pastas sejam novamente realocadas, desta vez para o Centro Administrativo, construído em Taguatinga.

Leia também:

Secretário afirma que transferência para o Mané Garrincha será economicamente vantajosa


 

Últimas Notícias