21/7/15 16:49
Atualizado em 21/7/15 às 16:49

Espaços de lazer do Guará passam por revitalização a custo zero

Manutenção e reforma atingem 47 parques infantis em áreas verdes e praças centrais da região


Revitalização das áreas de lazer do Guará
Revitalização das áreas de lazer do Guará. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Desde o início da semana, a Administração Regional do Guará promove revitalização de parques infantis em praças públicas e áreas verdes. O objetivo é retirar entulhos, cortar o mato, capinar, trocar a areia, fazer serviços de manutenção e podas de árvores. A iniciativa contemplou as Quadras QI 2 e QI 8 e, na manhã desta terça-feira, a QI 9 do Guará I. No total, 47 locais de recreação receberão os serviços.

De acordo com o chefe de gabinete da administração, Márcio Rogério Almeida, o trabalho estava programado há algum tempo. Na semana passada, nove máquinas, como caminhões, pá mecânica, caçamba e carroceria, chegaram para o início das reformas.

“É uma ação contínua com o foco de manter a cidade limpa e urbanizada”, destaca Almeida. Por meio de convênio com a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso, 22 internos do sistema prisional do DF participam do processo, além de funcionários da administração. Não há qualquer custo envolvido.

A ação tem ainda apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) para cuidar da conservação dos locais e dos equipamentos públicos.

O vice-governador de Brasília e administrador interino do Guará, Renato Santana, explica que os brinquedos ficam ao ar livre e sofrem as condições do tempo, responsáveis pelo desgaste natural das peças. Santana informa que a ação de vândalos é a que mais afeta as áreas de lazer. “Nosso pedido é para que a população entre em contato pelo telefone 156, vá à administração ou procure a polícia para denunciar práticas irregulares.”

Veja a galeria de fotos: