28/7/15 15:32
Atualizado em 12/5/16 às 17:50

Sobradinho II ganha terminal de ônibus

Cerca de 15 mil passageiros utilizarão diariamente o espaço, que contará com 20 linhas


Novo terminal de ônibus de Sobradinho II tem capacidade para cerca de 15 mil passageiros
Novo terminal de ônibus de Sobradinho II tem capacidade para cerca de 15 mil passageiros. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Atualizado em 28 de julho de 2015, às 14h30

Para a faxineira Maria Mônica Oliveira, de 50 anos, o mais difícil não era a demora do ônibus, mas sujeitar-se a ficar em pontos improvisados por não ter onde esperá-lo, exposta ao sol forte ou à chuva. A partir desta terça-feira (28), porém, as variações do clima deixam de ser um problema para ela e outros cerca de 15 mil usuários do transporte público de Sobradinho II, região que conta agora com um terminal próprio para o embarque e o desembarque de passageiros.

terminal rodoviario sobradinhoII AgenciaBrasiliaO espaço tem 10 boxes e vagas para 30 ônibus, onde 20 linhas farão ligações circulares com regiões próximas e com o Plano Piloto. Dessas, 7 são novas e outras 5 ganharam reforço recentemente. De acordo com responsáveis pela empresa Piracicabana, cerca de 120 ônibus operarão no terminal, localizado na AR 25, Conjunto 1, Lote 2.

As obras custaram R$ 3,5 milhões, recursos provenientes do empréstimo de US$ 176 milhões feito com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a execução do Plano de Transporte Urbano de Brasília.

Antes de Sobradinho II, Riacho Fundo II recebeu, no mês passado, a mesma estrutura. “Outros seis terminais estão com previsão de entrega neste ano”, afirma o governador Rodrigo Rollemberg. Ceilândia, Gama, Recanto das Emas e Samambaia fazem parte dessa projeção — sendo os dois últimos com dois terminais cada um. Guará I e II, Cruzeiro e Núcleo Bandeirante são alguns dos programados para a construção de um novo espaço em 2016.

Estrutura
A nova área tem banheiros masculino e feminino, lanchonete, bicicletário, sala exclusiva para funcionários das empresas de ônibus, e é totalmente adaptada às normas de acessibilidade. “A intenção é oferecer melhoria no serviço e dar mais conforto ao cidadão”, resumiu o secretário de Mobilidade, Carlos Tomé.

Dos dez boxes, dois ainda aguardam para entrar em operação. Segundo o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), as linhas que vão ocupá-los não estão definidas.

Demanda
De acordo com o administrador regional de Sobradinho II, Estevão Reis, a população esperava pela construção desse equipamento público havia uma década. “A localidade é nova, mas a comunidade é grande, e por isso precisamos oferecer toda a estrutura urbana necessária.”

Para Divino Sales, administrador de Sobradinho, a obra “atende a toda a região, principalmente trabalhadores que precisam se deslocar todos os dias”.

Além do governador, do secretário de Mobilidade e dos administradores, estiveram na inauguração a secretária de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Marise Nogueira; o diretor-geral do DFTrans, Clóvis Barbará; a administradora de Planaltina, Dinalva Cantallops Satre; o comandante em exercício do 13º Batalhão de Polícia Militar, major Delfino; os deputados distritais Dr. Michel (PP), Rafael Prudente (PMDB) e Julio César (PRB), líder do governo da Câmara legislativa; o empresário da Piracicabana, Joaquim Constantino, e o diretor da viação, Fausto Mansur.

Veja a galeria de fotos: