18/1/16 19:26
Atualizado em 18/1/16 às 19:26

Governador inaugura reservatórios de água potável do Noroeste

Obra de R$ 4,8 milhões obteve recursos da Terracap e vai beneficiar 40 mil habitantes


. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Atualizado em 18 de janeiro de 2016, às 19h10

Ao contrário do informado no texto anterior, a Estação de Tratamento de Água de Brasília foi reformada em 2006, e não em 2016.

O Centro de Reservação de Água Potável do Setor Noroeste foi inaugurado, na tarde desta segunda-feira (18), pelo governador Rodrigo Rollemberg, acompanhado pelo presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), Maurício Luduvice, pelo secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres, e pelo presidente substituto da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), Carlos Artur Hauschild.

Dois reservatórios vão reforçar o abastecimento da região. A obra, bancada com recursos da Terracap, custou R$ 4,8 milhões e foi retomada pela atual gestão. Cada um dos tanques tem capacidade para 2,5 mil metros cúbicos e mede 21,31 metros de diâmetro e 7,47 metros de altura.

Localizados entre a Estação de Tratamento de Água de Brasília e o Autódromo Internacional Nelson Piquet, as estruturas — que juntas armazenam 5 milhões de litros — serão capazes de beneficiar 40 mil habitantes quando ocorrer a ocupação total da região. Hoje, a Associação de Moradores do Noroeste contabiliza 8 mil moradores.

Compromisso ambiental
“É importante destacar que os recursos da Terracap no Noroeste são de mais de R$ 20 milhões, que incluem a rede de esgoto e tratamento. Essas obras são prioritárias e um compromisso do nosso governo com a questão ambiental”, afirmou o governador. Ele destacou ainda que esse tipo de investimento em infraestrutura é fundamental para Brasília, sede do 8º Fórum Mundial da Água, em 2018.

O presidente da Caesb acrescentou que os trabalhos vão além do quesito infraestrutura: “Eles também produzem renda e emprego. E só conseguimos implementar esses investimentos com o apoio do governo local”.

A construção do centro — paralisada no governo passado — foi retomada em fevereiro de 2015. “Era uma grande reivindicação da população. Com esses reservatórios, damos garantia de abastecimento para a fase final de ocupação do Noroeste”, esclareceu o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres.

Para o presidente da Associação de Moradores do Noroeste, Luiz Alberto Martins Bringel, o planejamento da infraestrutura para o futuro é importante para o desenvolvimento da região: “Isso vai propiciar um fornecimento com melhor qualidade e regularidade, fundamental para o bem-estar da população”.

Água tratada
O abastecimento é feito com água tratada oriunda do Sistema Produtor Santa Maria/Torto, dentro do Parque Nacional de Brasília. A purificação ocorre na Estação de Tratamento de Água de Brasília, logo ao lado.

Após a inauguração, o governador e demais autoridades visitaram a estação. Eles passaram por diferentes setores e conheceram o funcionamento do espaço, criado em 1960 e totalmente reformado em 2006, tornando-se automatizado.

A área é responsável pelo tratamento de água das Asas Norte e Sul, do Cruzeiro, do Sudoeste, da Octogonal, dos Lagos Norte e Sul, do Paranoá, do Itapoã e do Jardim Botânico.

Também participaram do evento o administrador do Plano Piloto, Marcos Pacco; os diretores da Caesb Marcos Mello (de Engenharia), Fábio Albenaz (de Suporte ao Negócio) e Walter Lucio Barros (de Operação e Manutenção); e o gerente de Engenharia da Terracap, Carlos Leal.

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157663629735586″ title=”Governador inaugura reservatórios de água potável do Noroeste”>https://farm2.staticflickr.com/1579/24382499431_47d302d2d7_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Governador inaugura reservatórios de água potável do Noroeste”>