29/4/16 15:57
Atualizado em 29/4/16 às 15:57

Portal de Qualificação Profissional terá oito novos cursos a partir de segunda (2)

Capacitações são gratuitas, e não é exigida escolaridade mínima para participar

Oito novos cursos serão oferecidos a partir de segunda-feira (2) no Portal de Qualificação Profissional. As modalidades abrangem as áreas administrativa e de tecnologia. É possível se inscrever por meio do site, nas agências do Trabalhador ou pela Central de Atendimento ao Cidadão (telefone 156). Todas as capacitações são gratuitas, e não são exigidas idade nem escolaridade mínimas.

A oferta observa as necessidades do mercado de trabalho local. “Com a ajuda do setor produtivo, de trabalhadores e de empregadores, analisamos as áreas com mais carências e demandas”, explica o secretário-adjunto do Trabalho, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Thiago Jarjour.

As capacitações também levam em consideração os setores que mais empregam. “O curso de auxiliar de pessoal, por exemplo, é importante porque muitas empresas estão recrutando profissionais com essa formação. Por outro lado, Word e Excel são básicos, mas muitas pessoas não têm condições de pagar”, avalia o gestor.

Inscritos
Desde o lançamento do portal, em março deste ano, 6.869 pessoas se inscreveram para as atividades. Destas, 469 já concluíram os estudos e 448 estão em formação. Com a abertura dos novos módulos, serão 22 cursos disponíveis.

A procura da população tem sido intensa, de acordo com a pasta do Trabalho. “A meta inicial era alcançar 10 mil matriculados em um ano. Com um mês e meio de programa, estamos em 6 mil”, conta Jarjour.

Para participar, é necessário ter computador, tablet ou celular com acesso à internet. No fim do curso, o aluno faz uma prova virtual e, se acertar pelo menos 60% das questões, recebe o certificado de conclusão.

Os cursos no site estão divididos em três categorias, nas abas Aprenda uma profissão, Atualize seus conhecimentos e Seja um empreendedor. Para se matricular, deve-se preencher um cadastro com dados pessoais, como endereço, telefone e e-mail. O sistema gera uma senha, com a qual o aluno assiste às aulas e acessa as apostilas.

Novos cursos (a partir de 2 de maio)
Análise de crédito e cobrança: 40 horas
Aprenda uma profissão: 40 horas
Auxiliar de pessoal: 160 horas
Criando um novo negócio digital: 40 horas
Microsoft Excel: 40 horas
Microsoft Word: 40 horas
Operador de micro: 160 horas
Recepcionista: 160 horas

Outras turmas disponíveis
Abrindo um novo negócio: 40 horas
Assistente de marketing: 40 horas
Atendimento ao público: 40 horas
Auxiliar de contabilidade: 160 horas
Auxiliar de escritório: 160 horas
Assistente administrativo: 160 horas
Formação de preço de venda: 40 horas
Gerenciando micro e pequenas empresas: 40 horas
Gestão financeira: 40 horas
Inglês básico instrumental: 40 horas
Planejamento estratégico: 40 horas
Recolocação profissional: 40 horas
Telemarketing: 40 horas
Tornando-se um microempreendedor individual: 40 horas

Leia também:

Qualifica Mais Brasília já formou 855 alunos

3 mil pessoas inscritas no Qualifica Mais Brasília