23/5/16 18:07
Atualizado em 5/7/16 às 13:47

Bombeiros capacitam pessoas para salvamento no Lago Paranoá

Oficina gratuita vai habilitar praticantes de stand up paddle e caiaque a prestar os primeiros atendimentos a vítimas de afogamentos. Única exigência para fazer o curso é saber nadar

Bombeiros em treinamento no Lago Paranoá: interessados em aprender técnicas de resgate podem se inscrever em curso.
Bombeiros em treinamento no Lago Paranoá: interessados em aprender técnicas de resgate podem se inscrever em curso. Foto: Renato Araújo/Agência Brasilia

Com o objetivo de reduzir o número de afogamentos no Lago Paranoá, o Corpo de Bombeiros abre inscrições para oficina gratuita de salvamento, a SUP Salva. A atividade ocorre em 4 de junho, das 9 horas às 12h30, no Clube do Remo — SHTN Trecho 1, Polo 3, Lote 8, em frente ao Museu de Arte de Brasília. As inscrições estão abertas e devem ser feitas por telefone (3901-3446 ou 3901-7403) até o limite de 40 vagas.

Essa é a segunda edição da SUP Salva, que ocorreu pela primeira vez em 30 de abril, com o mesmo número de participantes. A iniciativa é da Companhia de Salvamento Aquático do Grupamento de Busca e Salvamento. Os próprios militares ministram a oficina, e o equipamento é fornecido pelo Clube do Remo.

De acordo com o tenente Victor Gonzaga de Mendonça, comandante da companhia, o projeto habilita praticantes de stand up paddle (prancha e remo) e caiaque a prestar os primeiros atendimentos a vítimas de afogamentos no Lago Paranoá. “Esses incidentes requerem ação imediata, e, muitas vezes, não é possível acionar a equipe”, explica o militar. “Nossa ideia é capacitar as pessoas para, quando estiverem por perto, agirem de maneira rápida, eficiente e, principalmente, segura”, complementa o tenente Mendonça.

Não há idade máxima ou mínima; a exigência é que o interessado saiba nadar. Durante a oficina, serão ensinadas técnicas de abordagem à vítima utilizando o equipamento. Também haverá palestra sobre primeiros socorros.

Rondas

Em 2015, o grupamento registrou 60 afogamentos no Lago Paranoá. Neste ano, foram 28 nos cinco primeiros meses.

O tenente Mendonça reforça que a Companhia de Salvamento Aquático atua diariamente com foco na prevenção de afogamentos. São 50 servidores que patrulham todo o Lago Paranoá. Os bombeiros não usam o stand up paddle para esse serviço, que é feito com lanchas, jet ski e escaleres (embarcações a remo e a vela).

De segunda a sexta, eles fazem rondas periódicas em todo o lago. Aos sábados, domingos e feriados, devido à grande movimentação, os guarda-vidas e mergulhadores são divididos em postos fixos — piscinão, Lago Sul, Lago Norte, Ermida Dom Bosco, Ponte JK e barragem — para reforçar a segurança dos visitantes.

SUP Salva
4 de junho (sábado)
Das 9 horas às 12h30
No Clube do Remo (SHTN Trecho 1, Polo 3, Lote 8, em frente ao Museu de Arte de Brasília)
Inscrições e informações: 3901-3446 e 3901-7403
Limite de vagas: 40
Gratuito

 

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Bombeiros capacitam pessoas para salvamento no Lago Paranoá