22/6/16 19:16
Atualizado em 5/7/16 às 15:36

Plantio do novo gramado do Cave está 85% concluído

Previsão de empresa responsável é terminar a instalação até quinta-feira (23). Tapete será totalmente trocado para a Olimpíada

A instalação do novo gramado do Estádio Antônio Otoni Filho, conhecido como estádio do Cave, no Guará, está 85% concluída. Nesta quarta-feira (22), a secretária do Esporte, Turismo e Lazer, Leila Barros, verificou o andamento da obra, acompanhada do administrador regional do Guará, André Brandão, e de representantes do Comitê Rio-2016, do Ministério do Esporte, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e da empresa que faz a reforma. A previsão é terminar os trabalhos até quinta-feira (23).

Equipes trabalham na instalação do gramado no Cave.
Equipes trabalham na instalação do novo gramado do estádio do Cave, no Guará. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

“Os recursos vieram por causa da Olimpíada, mas o mais importante será entregar para a comunidade do Guará e do esporte uma arena totalmente revitalizada”, ressalta Leila. O espaço é preparado para ser centro de treinamento de seleções masculinas e femininas de futebol que disputarão jogos do evento mundial, em agosto, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

A maior parte dos custos da reforma total — R$ 6.166.632,96 — será paga com recursos do governo federal, por meio do Ministério do Esporte. O restante — R$ 1.024.568,75 — representa a contrapartida do Executivo local.

Revitalização completa do estádio

Para a Olimpíada, todo o gramado será trocado, e haverá estrutura provisória para vestiários e banheiros. A revitalização completa do Cave, porém, será maior e envolverá ainda a construção de novas bilheterias, vestiários, tribuna de imprensa, além de melhorias nas arquibancadas, por exemplo.

O administrador regional do Guará, André Brandão, acompanha a evolução da obra e destaca a importância do equipamento para a população: “É uma obra de extrema importância para toda a região. O Cave tem história no futebol, e o estádio será muito bem utilizado quando entregue à comunidade”.

Etapas da troca do gramado

Em abril, a empresa ganhadora da licitação, a Construteq Construções Terraplanagens e Comércio de Equipamentos, iniciou a retirada do antigo gramado. Primeiro, foi feita a limpeza de todo o terreno; depois, foram retirados 50 centímetros de solo e realizado um pré-nivelamento. Na sequência, instalaram-se a drenagem, com tubos corrugados e perfurados, manta geotêxtil e colchão drenante de brita. Por cima, colocou-se ainda uma camada de areia com material orgânico.

A etapa seguinte foi a instalação do sistema de irrigação automatizada e novo nivelamento, com trabalho manual. Só então o terreno está pronto para receber o gramado, do tipo Bermudas Celebration, o mesmo usado no Mané Garrincha e no Maracanã, por exemplo.

Esse tipo de grama tem características de crescimento rápido, alta capacidade de regeneração, tolerância a cortes baixos (em torno de 2 milímetros) e boa tração, segundo o engenheiro agrônomo da Construteq, Carlos Henrique Pimenta. A manutenção do gramado já é feita, com irrigação diária. O tratamento mais específico, para o tapete ficar apto ao uso mais rapidamente, começa na segunda-feira (27).

Edição: Raquel Flores

Galeria de Fotos

Plantio do novo gramado do Cave está 85% concluído