19/7/16 17:48
Atualizado em 8/12/16 às 17:30

Ação para desobstruir orla do Lago Paranoá retira 120 metros quadrados de cercas e alambrados na QL 14 do Lago Sul

Terreno público a ser liberado no local tem 1,5 mil metros quadrados. A operação continua no endereço na quarta-feira (20)

Equipes do governo de Brasília trabalham na desobstrução da orla do Lago Paranoá.
Equipes do governo de Brasília trabalham na desobstrução da orla do Lago Paranoá. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Nesta terça-feira (19), foram retirados 60 metros quadrados de alambrado e outros 60 metros quadrados de cerca viva do Lote 13 do Conjunto 4 da QL 14 do Lago Sul. A área de desobstrução da orla do Lago Paranoá é a mesma da operação de segunda-feira (18), quando foram removidos 40 metros quadrados de alambrado e 60 metros quadrados de cerca viva. Somente nesse terreno serão liberados 1,5 mil metros quadrados de área pública. A operação continuará no local na quarta-feira (20).

Participaram hoje 29 servidores da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis). A ação também teve o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e da Polícia Militar do DF.

Na semana de 11 a 15 de julho, a operação passou pelo Lote 12 do Conjunto 2 e pelo Lote 14 do Conjunto 1, ambos na QL 14 do Lago Sul. A desocupação de áreas públicas invadidas à beira do Lago Paranoá teve início em 24 de agosto de 2015, foi interrompida em março deste ano e reiniciada em 11 de julho, após decisão da Vara do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, em 1º de julho.

Galeria de Fotos

Ação de desobstrução da orla do Lago Paranoá retira 120 metros quadrados de cercas e alambrados na QL 14 do Lago Sul