21/7/16 13:15
Atualizado em 24/5/17 às 8:58

Detran e DER promovem ações educativas no Brasília Capital Moto Week

Agentes farão oficinas de direção defensiva e distribuirão cartilhas durante a 13ª edição do encontro, que começa nesta sexta-feira (22) no Parque de Exposições da Granja do Torto

Para sensibilizar motociclistas sobre os perigos do trânsito, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) e o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) farão campanhas educativas na 13ª edição do Brasília Capital Moto Week. O encontro ocorrerá de 22 a 31 de julho, no Parque de Exposições da Granja do Torto. Nesta sexta-feira (22), será aberto a partir das 17 horas; nos demais dias, a partir das 8 horas. Segundo os organizadores, a estimativa de público é de 450 a 600 mil participantes.

O Detran atuará diariamente, das 15 horas às 22 horas, perto da entrada do parque. A Diretoria de Educação promoverá oficinas de direção defensiva, jogos com o Girotran — equipamento interativo usado pelo departamento para trabalhar a educação para o trânsito –, atividades com as crianças e exposição de equipamentos, além da distribuição de material educativo com foco na campanha da lei seca e na prevenção de acidentes com motociclistas. Cerca de 25 mil pessoas são esperadas no espaço do departamento.

A Gerência de Campanhas Educativas do DER-DF montará uma estrutura na pista de acesso à Granja do Torto, na saída da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia), de 22 a 24 e de 28 a 30 de julho, à tarde e à noite. Os agentes vão abordar condutores para entregar panfletos e cartilhas educativas. Já os motociclistas receberão um adesivo refletivo para capacete, item obrigatório de acordo com a Resolução nº 203, de 29 de setembro de 2006, do Conselho Nacional de Trânsito. A expectativa é abordar aproximadamente 10 mil pilotos.

A atuação da gerência ocorrerá em parceria com o Batalhão de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar do Distrito Federal, que também levará o Grupo Tático em Ações Motociclísticas, do Batalhão de Policiamento de Choque. Os militares terão um estande no encontro para expor equipamentos, armas e outros materiais usados no dia a dia.

De acordo com os órgãos do governo de Brasília que estarão no evento, a presença dos agentes de segurança tem caráter preventivo e educativo, para alertar os frequentadores sobre a importância de obedecer às leis de trânsito. No entanto, blitze de fiscalização serão montadas em pontos estratégicos para conferências de documentação de condutores e de veículos, de alcoolemia (presença de álcool no sangue) e de bom funcionamento dos itens de segurança, entre outras.

Um dos pontos altos da programação, o passeio motociclístico do parque de exposições à Ponte JK e depois de volta à Granja do Torto, será acompanhado por batedores do motorresgate do Corpo de Bombeiros Militar e bombeiros do atendimento pré-hospitalar. A saída está marcada para as 14 horas de 30 de julho (sábado), e o comboio deverá levar duas horas para percorrer o trajeto. Em 2015, cerca de 30 mil motos fizeram o mesmo percurso.

O Brasília Capital Moto Week, antes chamado de Brasília Motocapital, entrou para o calendário oficial do Distrito Federal com lei sancionada em 24 de abril de 2015. Criado em 2004, o Brasília Motocapital surgiu para comemorar o Dia Nacional do Motociclista (27 de julho) e, desde então, ocorre anualmente, sempre na última semana do mesmo mês. A entrada para motociclistas é gratuita. Condutores de outros veículos pagam de R$ 30 a R$ 500 (há opções de passaportes para todos os dias).

Edição: Raquel Flores