27/7/16 14:12
Atualizado em 1/1/17 às 15:24

Cadastro no Banco de Alimentos da Ceasa pode ser feito durante todo o ano

Distribuição dos produtos ajuda semanalmente mais de 38,5 mil brasilienses. Uma das entidades beneficiadas é o Instituto Nair Valadares, no Riacho Fundo II

Cerca de 35 toneladas de produtos são distribuídas semanalmente pelo Banco de Alimentos de Brasília, da Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF). São 38.562 pessoas beneficiadas em 148 entidades cadastradas. Durante todo o ano, é possível registrar organizações socioassistenciais para o recebimento.

Uma das entidades beneficiadas com o cadastro no Banco de Alimentos é o Instituto Nair Valadares, no Riacho Fundo II.
Uma das entidades cadastradas no Banco de Alimentos da Ceasa-DF é o Instituto Nair Valadares, no Riacho Fundo II. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Para ser contemplada, a entidade precisa ter caráter filantrópico ou de utilidade pública, dispor de local adequado para armazenar e processar os alimentos, ter veículo e equipamento adequado para receber e transportar os produtos.

Uma das entidades beneficiadas com o cadastro no Banco de Alimentos é o Instituto Nair Valadares, no Riacho Fundo II. A creche é conveniada à Secretaria de Saúde e atende diariamente, das 7h30 às 17h30, 193 crianças de 3 e 4 anos.

Todas as segundas-feiras, representantes do instituto buscam alimentos na Ceasa para completar o estoque da creche. “Cerca de 50% dos produtos consumidos aqui vêm do banco”, aponta a nutricionista Rosemary Ribeiro Freitas.

Entre os itens geralmente recebidos estão feijão, verduras e legumes. “Nós funcionamos há 15 anos e, há aproximadamente quatro, contamos com o apoio do Banco de Alimentos”, frisa a nutricionista.

Como se cadastrar no Banco de Alimentos

O cadastro é acessado pelo portal da Ceasa, onde é possível baixar um formulário que deve ser preenchido e entregue no local. Também é preciso levar a cópia dos seguintes documentos: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), comprovante de endereço (contas de luz, água ou telefone fixo), estatuto social (e da mais recente alteração, se houver); última ata de eleição ou de nomeação do representante da entidade ou termo de posse, se houver; CPF; carteira de identidade; comprovante de endereço do responsável legal; e comprovante de inscrição no conselho de segmento ou de convênio com a Secretaria de Educação do DF.

“Não há um número máximo de entidades atendidas”, destaca o gerente de Segurança Alimentar e Nutricional do Banco de Alimentos, Natalino de Souza Neto. “Caso não tenhamos capacidade para atender a alguma demanda, ela entra em uma fila para uma próxima distribuição”, explica.

Programas que fazem parte do Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos da Ceasa é composto por três programas: o de Aquisição de Alimentos, o Desperdício Zero e o Doação Simultânea.

Em 18 de julho, o governo de Brasília iniciou a execução do Programa de Aquisição de Alimentos deste ano e do próximo com a compra de mais de 4 toneladas de frutas, legumes e verduras. Somente a produção agrícola de 980 agricultores familiares cadastrados vai atender 110 entidades socioassistenciais, beneficiando 32.546 pessoas e movimentando mais de R$ 2 milhões.

O Programa de Aquisição de Alimentos é fruto de um convênio entre os governos federal e local. A Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural recebe recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, compra os produtos da agricultura familiar e os repassa à Ceasa, que os distribui às entidades cadastradas.

No programa Desperdício Zero, empresários e agricultores doam ao Banco de Alimentos produtos sem valor comercial, mas em boas condições para o consumo. No Doação Simultânea, o objetivo é arrecadar produtos em eventos promovidos pelo governo de Brasília, como a Corrida de Reis.

Banco de Alimentos de Brasília
Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF)
Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Trecho 10, Lote 5
De segunda a sexta-feira
Das 8 às 17 horas

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Cadastro no Banco de Alimentos da Ceasa pode ser feito durante todo o ano