30/8/16 9:44
Atualizado em 31/8/16 às 10:17

Palácio do Buriti recebe obras que remetem a Jerusalém

Quatro artistas da capital federal, entre eles Cida Carvalho, mostram trabalho influenciado pela cultura israelense

As semelhanças e as diferenças entre a arquitetura milenar de Jerusalém, em Israel, e a moderna de Brasília influenciam algumas das mais de 30 obras da exposição Amizade Brasil Israel, que reunirá esculturas, mosaicos, pinturas e fotografias no Salão Branco do Palácio do Buriti de 31 de agosto a 25 de setembro. Cida Carvalho, Ennio Bernardo, Maria Coimbra e Ray Di Castro são os quatro artistas, todos moradores de Brasília, convidados para mostrar um pouco desse encontro cultural. As visitas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

O painel de mosaico de Cida Carvalho, Menorah, obra que remete a um dos principais símbolos do Judaísmo
O painel de mosaico de Cida Carvalho, Menorah, obra que remete a um dos principais símbolos do Judaísmo. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Ficarão expostos um banner e nove pequenos painéis de mosaicos de Cida Carvalho, entre eles a Menorah, obra que remete a um dos principais símbolos do Judaísmo. Ennio Bernardo trabalha com esculturas de mármore inspiradas na arquitetura contemporânea de Brasília, e a exposição terá oito de seus trabalhos. Os dois artistas vão criar e doar duas obras para a prefeitura de Jerusalém, no intuito de reforçar a amizade entre as cidades e mostrar Brasília para os israelenses. No evento haverá também fotografias de Maria de Castro sobre a arquitetura da capital federal. As imagens vão mostrar locais que inspiraram as esculturas de Ennio Bernardo.

A exposição contará ainda com 16 obras da artista Ray di Castro, com técnicas da arte digital e da pintura. Dessas, cinco referem-se à cultura israelense. Ela, que já expôs em Jerusalém, lembra com carinho do relacionamento com a cidade. “Amei pisar naquela terra cheia de histórias e conhecimento. Sempre fui fissurada pelo conhecimento histórico.”

O presidente da Associação Internacional Cristã Amigos Brasil-Israel e curador da exposição, pastor Laurindo Shalom, e as artistas Ray di Castro e Cida Carvalho
O presidente da Associação Internacional Cristã Amigos Brasil-Israel e curador da exposição, pastor Laurindo Shalom, e as artistas Ray di Castro e Cida Carvalho. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O presidente da Associação Internacional Cristã Amigos Brasil-Israel e curador da exposição, pastor Laurindo Shalom, reforça a intenção do evento. “Brasília tem um bom relacionamento com Israel e Jerusalém, e queremos fortalecer esse laço de amizade. A distância não é obstáculo para viver e conviver em paz.”

A exposição, que já passou pela Câmara Legislativa do DF, segue para Jerusalém em maio de 2017. No Palácio do Buriti, a organização da mostra tem o apoio da colaboradora do governo Márcia Rollemberg.

Exposição Amizade Brasil Israel

De 31 de agosto (quarta-feira) a 25 de setembro (domingo)

Das 8 às 18 horas

No Salão Branco do Palácio do Buriti

Entrada gratuita

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Palácio do Buriti recebe obras que remetem a Jerusalém