22/9/16 18:33
Atualizado em 8/12/16 às 14:15

DF registra 23.091 notificações de dengue desde o início do ano

Maior parte das ocorrências está concentrada nas regiões administrativas de Brazlândia, Ceilândia, Planaltina, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga

A Secretaria de Saúde registrou 23.091 notificações de suspeitas de dengue desde janeiro deste ano, segundo o Informativo Epidemiológico de Dengue, Chikungunya e Zika nº 38, divulgado nessa quarta-feira (22). Do total, 20.649 (89%) correspondem a casos de moradores do Distrito Federal — 20 resultaram em morte —, e 2.422 (11%) são de outras unidades federativas.

As regiões administrativas de Brazlândia, Ceilândia, Planaltina, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga apresentam o maior número de registros (56%), com um total de 9.766 casos. A maioria ocorreu entre pessoas de 20 a 49 anos (55,5%), seguidas de menores de 1 ano até 19 anos (26,1%) e, por último, acima dos 50 anos (18,4%). Cerca de 3,53% das ocorrências afetaram crianças menores de 5 anos.

Casos de chikungunya e zika em Brasília

Ainda de acordo com o informativo da Saúde, houve 961 casos suspeitos de febre chikungunya desde o início de 2016. Desses, 820 (85%) são de pacientes que residem no Distrito Federal e 141 (15%), em outras unidades da Federação. Entre os confirmados (72), Asa Norte, Ceilândia, Gama, Samambaia e Taguatinga somam 50% do total.

A secretaria também notificou 946 suspeitas de doença aguda pelo zika vírus — 800 (85%) de moradores do Distrito Federal e 146 (15%) de outros lugares do País. Do total de confirmações (192), 172 residem em Brasília e 20, em outras unidades da Federação. Desde julho de 2015, confirmaram-se no DF 38 casos de doença aguda pelo zika vírus em gestantes.

Acesse a íntegra do Informativo Epidemiológico de Dengue, Chikungunya e Zika nº 38.

Edição: Raquel Flores