30/10/16 9:55
Atualizado em 31/10/16 às 16:26

Sinfônica do Teatro Nacional homenageia a Colômbia em novembro

Programação do mês tem ainda concerto argentino e clássicos eruditos. Apresentações no Cine Brasília e no Centro de Convenções Ulysses Guimarães são gratuitas

Com cinco concertos em novembro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro abre a série do mês com o Concerto Sinfônico. Sob regência do maestro titular Claudio Cohen, os músicos tocam Concerto para Clarinete e Orquestra, do compositor brasileiro Liduino Pitombeira, com solo do clarinetista Johnson Machado. A apresentação ocorre na terça-feira (1º), às 20 horas, no Cine Brasília (106/107 Sul). O acesso é livre.

imagem de programação da orquestra sinfônica do teatro nacional - concerto colombiano
Edição de arte/Agência Brasília

Em 8 de novembro, a sinfônica executa o Concerto Argentino, comandada pelo maestro Gustavo Fontana, representante da Argentina. No programa, clássicos dos compositores daquele país: Astor Piazzolla e Alberto Ginastera. Entre as obras, Calambre e Tres Movimientos Tanguisticos, do primeiro, e suíte do balé Estancia e Ollantay, do segundo. O espetáculo será no Auditório Planalto do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a partir das 20 horas.

No feriado do Dia da Proclamação da República, comemorado em 15 de novembro, os músicos sobem novamente ao palco do Cine Brasília, às 20 horas, com o Concerto Colombiano, regido pelo maestro Felipe Aguirre. Serão tocadas peças do folclore colombiano, conhecidas naquele país pela variedade de interpretações. São elas: Yo me Llamo Cumbia, Colombia Tierra Querida, Pueblito e Viejo.  

Dando sequência à programação, em 22 de novembro (Dia do Músico) a sinfônica traz clássicos eruditos, como Mozart (Sinfonia Concertante para Violino e Viola) e Borodin (Sinfonia nº 2), a partir das 20 horas, no Auditório Planalto do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Encerra a série de atividades do mês, em 29 de novembro, às 20 horas, o Concerto Sinfônico, com regência do maestro Claudio Cohen. No repertório, Heitor Villa-Lobos, com as Bachianas Brasileiras nº 1, e o russo Rimsky-Korsakov. A apresentação será novamente no Cine Brasília.

programacao_orquestra_sinfonica_novembro_2016

Edição: Raquel Flores