14/11/16 18:40
Atualizado em 16/11/16 às 9:13

Fundo de Apoio à Cultura tem 1.817 projetos inscritos

Agentes culturais concorrem a R$ 35,5 milhões do segundo bloco de editais de 2016. Resultado está previsto para janeiro

Para pleitear recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) de 2016, 1.817 projetos foram inscritos. Eles referem-se ao segundo bloco de editais do fundo, que destinará R$ 35,5 milhões divididos em quatro eixos com linhas de apoio diferentes. A previsão é que os processos abertos atendam 463 iniciativas. De acordo com a Secretaria de Cultura, as propostas estão em análise de admissibilidade, e o resultado deve sair em janeiro.

Novidade na seleção, o FAC Regionalizado atraiu 425 concorrentes que buscam R$ 6,4 milhões. A ideia é estimular que sejam inscritas ações de todas as regiões administrativas, divididas em oito macrorregiões.

A concorrência tradicional do FAC Áreas Culturais, de R$ 20,57 milhões para 12 categorias, teve 1.170 inscritos. A verba será para as seguintes linguagens: artesanato; artes plásticas, visuais e fotografia; cultura popular e manifestações tradicionais; dança; design e moda; literatura, livros e leitura; manifestações circenses; música; ópera e musical; patrimônio histórico e artístico material e imaterial; radiodifusão; e teatro.

178Número de inscrições para o inédito FAC Ocupação, de ações em espaços públicos, como museus, galerias e bibliotecas

Para o edital de R$ 3,9 milhões do FAC Manutenção de Grupos ou Espaços, foram registrados 44 interessados.

A iniciativa inédita do FAC Ocupação teve 178 proponentes, que concorrem a R$ 2,3 milhões voltados para ações em espaços públicos. Estão previstas, por exemplo, atividades em museus, galerias e bibliotecas.

O edital também destinará R$ 900 mil para propostas em unidades do sistema socioeducativo, em centros populares e em casas abrigo. Estão reservados ainda R$ 700 mil para trabalhos em 14 unidades de conservação do DF e R$ 800 mil para ações voltadas a estudantes da rede pública.

De acordo com a Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural, os números expressivos apontam que algumas linhas de apoio devem ser ampliadas nas concorrências futuras, o que será feito em acordo com o setor cultural, segundo a pasta.

Foram 394 inscritos no primeiro bloco do FAC de 2016, que destinará R$ 21.951.353,24 a 71 projetos audiovisuais.

No período de inscrições, de 12 de setembro a 26 de outubro, a subsecretaria responsável pelo fundo mobilizou 230 novos entes e agentes culturais pelo DF, além de fazer 839 atendimentos por e-mail e análises de quase 1,5 mil pedidos de renovação e credenciamento no cadastro de ente e agente cultural (Ceac).

Edição: Marina Mercante