13/12/16 23:54
Atualizado em 30/3/17 às 18:03

Manifestações desta terça (13) tiveram depredações e policiais feridos

Confrontos começaram às 17 horas, com chegada de grupo que se recusou a fazer revista pessoal

Oito policiais militares foram feridos durante as manifestações desta terça-feira (13), na Esplanada dos Ministérios. Eles foram levados pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF para o Hospital de Base. O público que se manifestou foi estimado em 2 mil pessoas e foi dispersado, após uma sequência de tumultos.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal, aproximadamente às 17 horas, um grupo de manifestantes iniciou confronto contra a linha de revistas pessoais da Polícia Militar, depois de se negar a passar pelo procedimento. Os ativistas jogaram pedras e paus contra os agentes, que precisaram conter o conflito.

Em seguida, eles subiram para a Rodoviária do Entorno. De lá, foram para a plataforma superior da Rodoviária de Brasília, para os setores Comercial e Hoteleiro Sul, para a W3 Sul e para entrequadras da Asa Norte.

Ativistas jogaram pedras e paus contra os agentes, que precisaram conter o conflito

Até a publicação desta matéria, haviam sido encaminhadas mais de 100 pessoas detidas para as 1ª, 2ª e 5ª Delegacias de Polícia Civil, para o Departamento de Polícia Especializada e para a Delegacia da Criança e do Adolescente.

Nas revistas pessoais, cerca de 300 objetos como máscaras, bastões e pedaços de madeira foram apreendidos. Aproximadamente 20 ônibus que transportavam os manifestantes foram vistoriados e muito material usado para agressão, como pregos, escudos e bolas de gude, foi recolhido.

Até ônibus incendiado entre os bens destruídos

Na via S2, um ônibus foi incendiado, enquanto um contêiner, uma lixeira e cavaletes da PM foram queimados próximo à Rodoviária do Entorno. Carros também foram depredados. As responsabilidades pelos danos serão apurados para punição dos envolvidos em atos de vandalismo e violência.

Participaram das operações 3,5 mil agentes da Polícia Militar e Civil, dos bombeiros e do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF). Os bombeiros e o Detran deram apoio, enquanto a Polícia Civil fez trabalho de inteligência.

Edição: Vannildo Mendes

Galeria de Fotos

Manifestação de terça-feira (13) na zona central de Brasília