18/1/17 19:03
Atualizado em 19/1/17 às 11:03

DF registra 79 suspeitas de dengue nas primeiras semanas do ano

No total, 63 notificações são de residentes locais. Gama, Planaltina e Sobradinho foram as regiões com maior número de infecções prováveis

O Distrito Federal registrou 79 casos suspeitos de dengue nas duas primeiras semanas do ano, de acordo com a Secretaria de Saúde. Desse total, 63 são de pessoas que residem no DF e 16 têm origem em outras unidades federativas.

Os dados são do Informativo Epidemiológico nº 3, de 2017, divulgado pela pasta nesta quarta-feira (18). No período, 61 das notificações foram contabilizadas como casos prováveis da doença, 48 dos quais envolvem residentes locais e 13 são pessoas oriundas de outras regiões.

No ano passado, nesse mesmo espaço de tempo, houve 987 notificações de moradores de Brasília, o equivalente a 20 vezes mais. Em 2017 ainda não houve registro de infecções graves nem de óbitos causados por dengue.

Nessas duas primeiras semanas, as regiões com maior número de prováveis vítimas da doença foram: Gama (7), Planaltina (5) e Sobradinho (7), que somaram o correspondente a 40% do total.

Os dados do informativo ainda revelam que nesta primeira quinzena foram notificados dois casos suspeitos da febre chikungunya, que estão sob investigação. Um é de residente no DF e o outro é de fora. Até agora não foram identificadas pessoas infectadas pelo zika vírus.

Edição: Vannildo Mendes