1/2/17 14:49
Atualizado em 2/2/17 às 8:51

Núcleo Rural do Jerivá receberá 300 mudas no sábado (4)

As espécies serão doadas pelo Viveiro Comunitário do Lago Norte. A população poderá participar do plantio, que ocorrerá das 9 às 11 horas

Moradores do Lago Norte poderão participar do plantio voluntário de mudas no Núcleo Rural do Jerivá. A ação promovida pela administração regional será no sábado (4), das 9 às 11 horas, na Entrada B do local. O Viveiro Comunitário do Lago Norte doou 300 mudas de espécies como angico, aroeira-rosa, barriguda, embaúba, ingá-de-metro, ipê-branco, ipê-rosa, ipê-roxo, landim, monjoleiro e pau-formiga.

“A comunidade é sempre a primeira a propor, a participar e, depois dos plantios, a cuidar das plantas”, observa o administrador regional do Lago Norte, Marcos Woortmann.

No período de chuva de 2016, entre novembro e dezembro, foram plantadas mais de oito mil árvores em mutirões do viveiro em áreas como Quebra da 13, Córrego do Torto, Cachoeira do Urubu e Núcleo Rural do Palha. Desde a inauguração do Viveiro Comunitário do Lago Norte, em 2015, foram distribuídas mais de 40 mil mudas. O objetivo é o reflorestamento de áreas verdes e a recuperação de ecossistemas degradados.

O viveiro foi criado para atender à demanda de plantio de espécies do Cerrado nos parques do DF e ocupa uma área de 639 metros quadrados, cedida pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). O criadouro tornou-se também um ponto de produção de mudas para reflorestamento de nascentes e córregos.

Edição: Paula Oliveira