19/5/17 20:14
Atualizado em 22/5/17 às 16:19

Na AgroBrasília, governo entrega máquina para viabilizar mel em merendas escolares

Equipamento integra pacote adquirido com recursos provenientes de emenda parlamentar. Cerimônia nesta sexta (19) ocorreu durante visita do governador Rodrigo Rollemberg à feira de exposição agropecuária

A Empresa de Assistência Técnica e Expansão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) entregou à Associação Apícola do DF um equipamento que vai permitir a incorporação do mel na alimentação escolar. A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (19), em visita do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, à feira de exposição de produtos agropecuários AgroBrasília.

Equipamento entregue pela Emater-DF à Associação Apícola do DF vai permitir a distribuição de mel para as escolas do DF.
Equipamento entregue pela Emater-DF à Associação Apícola do DF vai permitir a distribuição de mel para as escolas do DF. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Foram entregues à associação uma centrífuga, dez decantadores de mel e uma máquina de envase do alimento em sachês. Esta vai permitir a distribuição para as escolas. O conjunto de equipamentos custou cerca de R$ 60 mil, destinados via emenda parlamentar.

Rollemberg destacou o caráter social da emenda. “Essa é a Brasília que o Brasil não conhece. Temos uma agricultura de território pequeno, mas é a mais produtiva do País”, disse.

O DF conta com 58 produtores de mel e 1.023 colmeias. A produção anual é de 18 toneladas. “Com o incentivo dos equipamentos, dobraremos a produção apícola em 2018″, assegurou o presidente da Associação Apícola do DF, Carlos Alberto Bastos.

“Essa é a Brasília que o Brasil não conhece. Temos uma agricultura de território pequeno, mas é a mais produtiva do País” Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Ao assinar o termo de cessão dos equipamentos, o presidente da Emater-DF, Argileu Martins, disse que a agropecuária é importante para criar empregos no DF. “Seguimos aqui uma orientação do governador, de fazer uma Emater para todos”, afirmou.

Autor da emenda, o deputado distrital Joe Valle (PDT) observou que a medida é importante e custou pouco. “Cerca de R$ 60 mil farão diferença para produtores no DF e no Entorno. Ela só foi possível graças à junção de vontades do Executivo e do Legislativo”, comentou o presidente da Câmara Legislativa.

Almoço beneficente no estande do Rotary Club Unaí

Antes da cerimônia, que ocorreu no meio da tarde, Rollemberg almoçou no estande do Rotary Club Unaí (MG). O dinheiro arrecadado com a venda de refeições terá destinação social.

A verba será revertida para o Banco de Cadeira de Rodas do Rotary do município mineiro. Os equipamentos comprados serão distribuídos naquela região para pessoas com mobilidade reduzida.

“Como governador, fico orgulhoso dessa capacidade solidária de aproveitar esse ambiente de negócios para promover a responsabilidade social”, afirmou Rollemberg.

AgroBrasília, maior feira de exposição agropecuária do Centro-Oeste

Quinta maior feira de exposição agropecuária do Brasil, e a maior do Centro-Oeste, a AgroBrasília está na 10ª edição. Neste ano, são 430 expositores, e estima-se que até o sábado (20), último dia de evento, cerca de 100 mil visitantes passem pelo local.

A AgroBrasília é a quinta maior feira agropecuária do Brasil.
A AgroBrasília é a quinta maior feira agropecuária do Brasil. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Para pessoas como Diego Prezotto, de 33 anos, dono de fazenda em Cristalina (GO) e produtor de soja, milho e feijão, a feira serve para fazer contatos e começar negociações.

“É a quarta edição a que venho. Nesta, comecei a negociar a compra de uma máquina de tratamento de sementes que com certeza vai melhorar minha produção”, disse.

Para quem fornece os equipamentos, a AgroBrasília serve de vitrine. “Apesar de a pecuária ser o primo pobre da agricultura na região, a divulgação na feira é muito forte e a clientela em Goiás, relevante”, explicou o gerente de vendas da Ipacol Máquinas Agrícolas Ltda, Décio Schwigel, de 62 anos.

O evento deve girar aproximadamente R$ 600 milhões em negócios. As inovações tecnológicas são a principal atração. Elas são vistas em insumos, genética de sementes, vegetais, equipamentos para pecuária, entre outros produtos.

R$ 600 milhões Valor aproximado que a AgroBrasília deve movimentar em negócios

O coordenador-geral da AgroBrasília, Ronaldo Triacca, listou a inovação tecnológica e a visibilidade como os fatores que fazem a feira ser relevante. “Os produtores de todo o Distrito Federal, de Goiás e de Minas Gerais aumentam a produtividade e a renda ao adequar seus trabalhos às inovações. Isso promove a sustentabilidade.”

Na visita de hoje, Rollemberg passou por estufas de verduras e legumes, estandes de vendas de maquinário, restaurante e pavilhão da Emater-DF, onde ocorreu a entrega dos equipamentos.

Edição: Paula Oliveira

 

Galeria de Fotos

Na AgroBrasília, governo entrega máquina para viabilizar mel em merendas escolares