13/8/17 10:10
Atualizado em 13/8/17 às 10:39

Inscrições para o festival de curtas-metragens das escolas públicas vão até o dia 21

Alunos do Centro de Ensino Fundamental 1 do Cruzeiro estão em fase de preparação dos filmes

As inscrições para o 3º Festival de Filmes Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília estão abertas até 21 de agosto. As produções serão apresentadas dentro da programação do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, de 15 e 24 de setembro, no Cine Brasília.

Alunos do Centro de Ensino Fundamental 1 do Cruzeiro estão em fase de preparação dos filmes.
Alunos do Centro de Ensino Fundamental 1 do Cruzeiro estão em fase de preparação para o Festival de Filmes Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

A ficha de inscrição deverá ser preenchida on-line, no site da Secretaria de Educação, e assinada eletronicamente pelos estudantes, pelo professor mediador e por um representante da direção da escola.

Poderão participar produções audiovisuais livres, para premiação geral, e com o tema Se é público, eu também sou responsável, para a categoria abordagem de tema.

Os alunos do nono ano do Centro de Ensino Fundamental 1 do Cruzeiro, que têm aulas de cinema duas vezes por semana com o professor Erizaldo Borges, de 51 anos, já estão nos preparativos para o festival.

Ele relata que esse tipo de trabalho na escola é importante e enfatiza que os alunos estudam sistematicamente o audiovisual. “Agora eles assistem aos filmes com outros olhos, observam como a câmera se movimenta, os roteiros, não são mais espectadores passivos; isso desperta o interesse deles pela arte em geral”, ressalta o professor.

Iasmin Soares, de 14 anos, vai atuar no filme que a escola vai inscrever no evento. A estudante conta que a turma é estimulada a fazer vídeos também para outras disciplinas. “É um conhecimento que eu posso levar para a vida toda.”

O aluno Diogo Relly, de 14 anos, filma e edita os filmes. Já participou de cinco produções na escola e agora está trabalhando na que vai concorrer ao festival. “Se eu tiver que fazer um trabalho com vídeo na faculdade, já vou saber fazer”, diz.

Camila Duarte da Silva, de 14 anos, foi uma das alunas que atuou como atriz no curta que ganhou o prêmio de melhor abordagem do tema sobre preservação da água na edição de 2016. Ela conta que ver o filme no Cine Brasília empolgou os colegas. “Nós ficamos mais motivados depois desse prêmio.”

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Inscrições para o festival de curtas-metragens das escolas públicas vão até o dia 21