11/12/17 20:31
Atualizado em 11/12/17 às 21:37

Auditores de controle interno e procuradores do DF tomaram posse

Cerimônia simbólica teve participação do governador Rodrigo Rollemberg, nesta segunda-feira (11)

O controle interno e a elaboração e acompanhamento do orçamento do Executivo local serão reforçados com 14 procuradores e 35 auditores que tomaram posse simbólica na noite desta segunda-feira (11), em solenidade no Palácio do Buriti.

A cerimônia simbólica de posse dos novos auditores e procuradores do DF teve participação do governador Rodrigo Rollemberg
A cerimônia simbólica de posse dos novos auditores de controle interno e procuradores do DF teve participação do governador Rodrigo Rollemberg. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

“Sair dos limites de responsabilidade fiscal nos permitiu fazer contratações que resolvem carências que tínhamos no governo”, explicou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que participou da cerimônia.

Dos 35 auditores, 15 vão compor o quadro da Controladoria-Geral do DF — para ampliar o controle interno — e 20, o da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão.

Entre os da Controladoria-Geral está Graziella Brunale de Andrade, de 40 anos, que representou os colegas no ato. “O concurso público foi em 2014. A espera foi grande, mas as expectativas agora são as melhores. É um serviço importante, ainda mais no controle dos gastos públicos.”

"Sair dos limites de responsabilidade fiscal nos permitiu fazer contratações que resolvem carências que tínhamos no governo"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Pelos novos servidores da Secretaria de Planejamento, a representante foi Débora Limberguer, de 36 anos. “Sabíamos que a Lei de Responsabilidade Fiscal impedia as nossas contratações, e muita gente tinha até desistido. Ao mesmo tempo em que a posse é um alívio, já era algo muito esperado.”

Outra que ficou satisfeita foi a secretária de Planejamento, Leany Lemos. “Nós passamos por muitos apertos para administrar o governo enquanto esperávamos pelo apoio técnico de vocês.”

Henrique Ziller, controlador-geral, lembrou da responsabilidade dos cargos. “Sei que vocês têm um nível técnico altíssimo, mas vou dizer que o trabalho será ainda melhor se amarem fazer o bem à população. Pensar que tem gente beneficiada pelo nosso serviço é muito satisfatório.”

Desde 2015, já foram nomeados 6,9 mil servidores, que tomaram posse nos diversos órgãos do governo de Brasília.

Edição: Vannildo Mendes

Galeria de Fotos

Auditores de controle interno e procuradores do DF tomaram posse