18/1/18 18:37
Atualizado em 19/1/18 às 9:38

CEU das Artes da QNM 28 recebe mais duas oficinas de mobilização social

Encontros no equipamento público em construção em Ceilândia ocorrem neste sábado (20) e em 28 de janeiro. Eleição do grupo gestor está entre os assuntos a serem discutidos

Mais duas oficinas de mobilização social serão promovidas no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) da QNM 28, em Ceilândia, neste sábado (20) e em 28 de janeiro, das 9 horas ao meio-dia.

Os encontros, que ocorrem desde abril do ano passado, servem para discutir as atividades artísticas e culturais a serem oferecidas no centro — que está com 91 % das obras concluídas — e definir sobre a eleição do grupo gestor. Desde então, já houve 11 reuniões.

O grupo gestor é o responsável pelo funcionamento do CEU das Artes. Cabe a ele decidir sobre o regimento interno, o fluxo de eventos e a programação do centro para a comunidade.

As inscrições para a eleição, que ocorrerá em 3 de fevereiro, devem ser feitas no próprio CEU das Artes, às 8 horas.

Os interessados em participar do processo têm de levar os seguintes documentos:

  • Cópia da carteira de identidade (RG)
  • Cadastro de pessoas físicas (CPF)
  • Comprovante de residência nominal em Ceilândia ou Taguatinga (documento eleitoral, contas de água, energia, telefone e ou cartões de crédito)
  • Certidão negativa da Justiça Distrital e Federal (cível e criminal)
  • Certidões negativas da Justiça Militar Federal e da Justiça Eleitoral
  • Certidão negativa expedida pelo Banco Central do Brasil e pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal
  • Certidão negativa de antecedentes criminais

Para integrar o grupo gestor é necessário ter participado de pelo menos 20% das 11 oficinas de mobilização social já promovidas pelo centro e ser representante da comunidade local ou da sociedade civil organizada (de organizações não governamentais, por exemplo).

O colegiado terá 15 titulares e 15 suplentes, com vagas divididas da mesma forma: 5 para a sociedade civil organizada, 5 para a comunidade e 5 para o governo.

A criação do grupo está a cargo da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

Pelo Executivo local, também farão parte dele servidores da Secretaria de Cultura e da Administração Regional de Ceilândia, como estabelece a Portaria nº 98, de 11 de maio de 2017.

CEUs fazem parte do Brasília Cidadã

Construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do governo de Brasília, o CEU das Artes é um espaço que visa integrar ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação profissional, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital.

Os centros fazem parte do programa Brasília Cidadã, que conecta governo, organizações da sociedade civil e cidadãos em redes solidárias, inclusivas e colaborativas e diferentes canais e instâncias de participação popular, controle social e cidadania.

Além da unidade na QNM 28, há uma na QR 2, também em Ceilândia, e outra no Recanto das Emas, entregue desde junho de 2017.

Oficinas de mobilização social – CEU das Artes da QNM 28, Ceilândia

20 de janeiro (sábado) e 28 de janeiro (domingo)

Das 9 horas ao meio-dia

No CEU das Artes (QNM 28, próximo à Praça da Caixa Forte)

Gratuita

Inscrição e eleição para o grupo gestor CEU das Artes QNM 28, Ceilândia

3 de fevereiro (sábado)

Às 8 horas

No CEU das Artes (QNM 28, próximo à Praça da Caixa Forte)

Edição: Raquel Flores