Fale com o Governo Ações em Destaques

9/2/18 às 09:03

Portal da Transparência bate recorde de acessos em janeiro

Site com dados sobre servidores, licitações e serviços do governo de Brasília teve mais de 260 mil visualizações no primeiro mês de 2018. Marca anterior era de outubro de 2017

Guilherme Pera, da Agência Brasília

Janeiro de 2018 registrou mais que o dobro de acessos no Portal da Transparência do governo de Brasília, em relação ao mesmo mês de 2017. Foram 265.134 neste ano e 130.894 no ano passado, um aumento de 102%. É também o maior número de qualquer mês desde o início do site, em 2011.

A marca anterior era de outubro de 2017, com 231.756 acessos. O ano inteiro apresentou resultados acima de 2016. Foram 2.213.162 visualizações contra 1.359.308 do ano anterior. Ou seja, um acréscimo de 63%.

Os dados são da Controladoria-Geral do Distrito Federal. “O crescimento do acesso deve-se às melhorias no Portal da Transparência e à credibilidade da informação”, relaciona o controlador-geral adjunto, Marcos Tadeu de Andrade.

Os principais itens consultados pelos usuários foram:

  • Remuneração: 41%
  • Servidores (informações cadastrais, quadro, cargos vagos e ocupados): 23%
  • Beneficiários de programas sociais: 17%
  • Despesa: 13%
  • Licitações e contratos: 2%

Por meio da plataforma, qualquer cidadão pode ter informações como orçamento de secretarias, licitações, gastos de administrações regionais e dados sobre órgãos deliberativos, a exemplo de conselhos e comitês.

Em 20 de outubro de 2017, a população conquistou a possibilidade de consultar o salário de todos os servidores do DF, inclusive daqueles que trabalham em empresas estatais. O DF foi a primeira unidade da Federação a adotar a medida.

Reformulação do Portal da Transparência facilitou a busca por informações sobre o governo de Brasília

reformulação da plataforma em dezembro de 2016 é um dos principais fatores para o aumento de acessos. A maior facilidade na busca por informações atraiu mais usuários para o site a partir de 2017.

Segundo a coordenadora de Transparência da Controladoria-Geral do DF, Rejane Vaz de Abreu, a equipe continua a aprimorar o portal. “Trabalhamos constantemente no cruzamento de dados do Siggo [Sistema Integrado de Gestão Governamental] para deixar a informação mais acessível.”

O próximo passo, segundo Rejane, é tornar disponíveis as remunerações dos empregados da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e da Companhia Energética de Brasília (CEB). Essas empresas publicam os salários nos próprios portais, no menu Acesso à Informação.

Edição: Marina Mercante

Últimas Notícias