18/2/18 14:40
Atualizado em 18/2/18 às 14:40

Adasa promove debate sobre recarga artificial de reservatórios subterrâneos

Minuta de resolução que estabelece critérios para reabastecer aquíferos com captação de água da chuva será tema de audiência pública na terça (20)

A minuta de resolução para definir as diretrizes de sistema de recarga artificial dos reservatórios subterrâneos de Brasília será apresentada em audiência pública da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa-DF), na terça-feira (20).

O encontro ocorrerá das 9 às 12 horas, no Auditório Humberto Ludovico, na sede da autarquia, na antiga Rodoferroviária.

Segundo a coordenadora de Regulação da Adasa, Érica Yoshida de Freitas, o objetivo é mostrar à população modelos aplicáveis — serão apresentados três — para o reabastecimento dos aquíferos com a captação de água da chuva.

“Diariamente se retira água dos reservatórios subterrâneos, é interessante que se tenha esse retorno”, justifica Érica.

As propostas referem-se à consultoria técnica prestada para a agência reguladora pelo geólogo José Elói Guimarães Campos, professor doutor do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (UnB). O estudo está no site da Adasa.

De acordo com os dados técnicos, nem todos os terrenos no Distrito Federal são propícios para o uso desse sistema de recarga artificial dos aquíferos.

A audiência pública visa coletar informações adicionais e contribuições da sociedade para o assunto.

Sugestões on-line podem ser enviadas pelo e-mail ouvidoria@adasa.df.gov.br até as 17 horas de 2 de março.

Audiência pública sobre sistema de recarga artificial de reservatórios subterrâneos do DF

20 de fevereiro (terça-feira)

Das 9 às 12 horas

No Auditório Humberto Ludovico, na Adasa (antiga Rodoferroviária)

Mais informações: (61) 3961-4900 ou no site da Adasa

Sugestões para a minuta de resolução das diretrizes: pelo e-mail ouvidoria@adasa.df.gov.br, até as 17 horas de 2 de março

Edição: Raquel Flores