6/11/18 11:39
Atualizado em 6/11/18 às 11:39

Governo do DF abre 13 cargos para Comissão de Transição

Os nomes deverão ser apresentados pela equipe da próxima gestão. Medida não acarreta aumento de despesa, pois é resultado de reestruturação

O governo do Distrito Federal abriu 13 cargos para compor a Comissão de Transição para a nova gestão. O decreto com a reestruturação foi publicado no Diário Oficial do DF desta terça-feira (6).

O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, reuniu-se nesta manhã, no Palácio do Buriti, com representantes do governo eleito para apresentar a metodologia usada e a disposição das funções. “Nós usamos como parâmetro para a composição dos cargos a mesma estrutura que nos foi oferecida na transição do governo Agnelo para o Rollemberg”, afirmou.

Parte das indicações já foi apresentada pela futura gestão. As primeiras nomeações devem sair no DODF desta quarta-feira (7)

Para que os 13 nomes possam ser integrados, o governo transformou 21 cargos menores já existentes — não acarretando, portanto, aumento nas despesas.

O vice-governador eleito, Paco Britto, entregou documentos para oficializar a interlocução com o governo. Segundo ele, a transição ocorre de forma transparente e tranquila. “Começamos a fazer hoje a lista com algumas pessoas. Os novos nomes serão [indicados] com o tempo e com a necessidade de secretarias e de autarquias.”

A comissão vai compor a estrutura da Governadoria do Distrito Federal. Parte das indicações para os cargos já foi apresentada pela futura gestão. Essas nomeações devem ser publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta (7).

De acordo com o decreto, o saldo financeiro remanescente da transformação de cargos e funções passa a compor o Banco de Cargos e Funções administrado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão.

A estrutura administrativa da Comissão de Transição será extinta em 1º de janeiro de 2019, quando os ocupantes serão exonerados.

A comissão fará os procedimentos de mudança da gestão Rodrigo Rollemberg para a do governador eleito, Ibaneis Rocha, e foi instituída em 30 de outubro por meio de decreto publicado no Diário Oficial do DF.

Além de representantes da próxima gestão, participam da comissão:

  • Casa Civil do DF
  • Procuradoria-Geral do DF
  • Secretaria de Fazenda
  • Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão
  • Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social
  • Secretaria de Saúde
  • Secretaria de Educação
  • Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos
  • Secretaria de Mobilidade
  • Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos

Edição: Amanda Martimon

Galeria de Fotos

Governo do DF abre 13 cargos para Comissão de Transição