8/11/18 15:31
Atualizado em 9/11/18 às 13:57

Alunos do CIL 2 conheceram embaixada francesa nesta quinta (8)

Em mais uma edição do programa Embaixadas de Portas Abertas, grupo conheceu as instalações do local, assistiu a uma palestra sobre a cultura francesa e tomou um café da manhã com comidas típicas

Para Melissa Santos, de 11 anos, aluna do curso de francês do Centro Interescolar de Línguas (CIL) 2 de Brasília, esta quinta-feira (8) não foi um dia qualquer. Significou a realização do sonho de conhecer a cultura francesa, em uma visita guiada à Embaixada da França.

Alunos do CIL 2 conheceram embaixada francesa na manhã desta quinta-feira (8)
Estudantes do CIL 2 em visita à Embaixada da França nesta quinta-feira (8). Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Foi a segunda vez que um centro interescolar de línguas de Brasília esteve no local. Hoje, 33 alunos do CIL 2 participaram da visitação.

De acordo com a colaboradora do governo de Brasília e idealizadora do programa, Márcia Rollemberg, “é uma honra estreitar as relações com a embaixada que tem as portas abertas e participa da cidade”.

"É uma honra estreitar as relações com a embaixada que tem as portas abertas e participa da nossa cidade"Márcia Rollemberg, colaboradora do governo de Brasília e idealizadora do programa

Todas as quartas-feiras o local tem sessões de cinema abertas ao público.

Estudantes do primeiro ciclo do curso de francês, com idades de 11 a 15 anos, tiveram a oportunidade, além de praticar o idioma, de conhecer mais sobre a cultura, a história e a culinária do país europeu.

A visita durou cerca de duas horas. Os alunos conheceram as instalações da embaixada, assistiram a uma palestra sobre a cultura francesa e tiveram pausa para café da manhã com comidas típicas francesas.

Michel Miraillet, embaixador da França no Brasil, aproveitou a ocasião para conversar em francês com os visitantes. Eles cantaram juntos o hino do país e trocaram algumas palavras. “Hoje vocês estão na França”, disse ele.

Promover intercâmbio cultural e mostrar a carreira dos diplomatas a estudantes das escolas públicas do Distrito Federal são alguns dos objetivos do programa, que chegou à 50ª edição.

Com atividades que integram o Criança Candanga, conjunto de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência, o programa é parceria da Assessoria Internacional com a Secretaria de Educação e a Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB), que leva os alunos às embaixadas.

Embaixadas de Portas Abertas começou, como piloto, em 2015 e foi instituído oficialmente em 9 de agosto de 2017. Cerca de 1,1 mil alunos participaram diretamente da iniciativa.

As representações diplomáticas interessadas em participar podem enviar e-mail para assessoria.internacional@buriti.df.gov.br.

Edição: Marcela Rocha

Galeria de Fotos

Embaixada da França