19/11/18 11:37
Atualizado em 19/11/18 às 14:19

Lago Sul recebe Cidades Limpas até sexta-feira (23)

Mais de 20 órgãos fazem ações de manutenção na região. Uma das atividades será a vistoria de casas fechadas com o objetivo de combater criadouros do mosquito Aedes aegypti

A partir desta segunda-feira (19), o Lago Sul recebe mais uma edição do programa Cidades Limpas. A força-tarefa, lançada nesta manhã na sede da administração regional, permanecerá até sexta-feira (23) na região.

Equipes da Novacap executam a roçagem das áreas verdes do Lago Sul
Equipes da Novacap fazem roçagem de áreas verdes do Lago Sul na 51ª edição do Cidades Limpas. Foto: Tony Winston/Agência Brasília.

Além de remoção de entulhos, tapa-buracos, podas de árvores e reparos na iluminação pública, as ações focam a melhoria da sinalização de trânsito e o combate a criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Por meio de pedidos da população foram identificadas casas fechadas, muitas delas com piscina. Por isso, durante a semana, a Diretoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde e a Agência de Fiscalização (Agefis) vão notificar proprietários e fazer vistorias.

Na área de mobilidade, faixas de pedestres apagadas receberão pintura nova, e placas danificadas serão substituídas.

Próxima edição do Cidades Limpas será no Jardim Botânico, a partir de segunda-feira (26)

O secretário das Cidades, Marcos Dantas, ressaltou a participação da comunidade na identificação das necessidades. “É um programa que procura requalificar o ambiente urbano, pautado pela ouvidoria, que tem a capacidade de ouvir a população e suas demandas.”

A força-tarefa tem o apoio de mais de 20 órgãos do governo do Distrito Federal. Para a administradora regional do Lago Sul, Gabriele Olivi, as atividades impactam na qualidade de vida.

Essa é a 51ª edição do programa Cidades Limpas. A próxima região a ser atendida será o Jardim Botânico, a partir de segunda-feira (26).

Edição: Amanda Martimon

Galeria de Fotos

Lago Sul recebe Cidades Limpas até sexta-feira (23)