7/12/18 20:46
Atualizado em 7/12/18 às 21:32

Espaço Renato Russo abre chamamento para espetáculos e residência artística

Inscrição em editais para ocupações culturais em 2019 começa na segunda (10), pela internet. Anúncio foi feito na noite desta sexta (7), no lançamento da Política Setorial do Teatro do DF

O Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul) abre as portas para a comunidade artística do Distrito Federal. Os editais de chamamento público para as ocupações no primeiro semestre de 2019 e a programação de dezembro foram apresentados na noite desta sexta-feira (7).

O Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul) abre as portas para a comunidade artística do Distrito Federal. Os editais de chamamento público para as ocupações no primeiro semestre de 2019 e a programação de dezembro foram apresentados na noite desta sexta-feira (7).
O Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul) abre as portas para a comunidade artística do Distrito Federal. Os editais de chamamento público para as ocupações no primeiro semestre de 2019 e a programação de dezembro foram apresentados na noite desta sexta-feira (7). Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Serão ofertadas vagas para divulgação de espetáculos e para residência artística. As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do espaço a partir de segunda-feira (10).

A curadoria e a coordenação das atividades do Renato Russo serão conduzidas em parceria com a organização da sociedade civil Instituto Bem Cultural, selecionada pela Secretaria de Cultura para gerir o equipamento público.

Para a subsecretária substituta de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Daniela Diniz, parcerias com a organização da sociedade civil permitem não só decisões conjuntas como boas possibilidades de realizações.

“Vamos ter uma programação muita rica e frutífera, com residências e intercâmbios com toda a cadeia produtiva cultural”, avaliou Daniela.

"Vamos ter uma programação muita rica e frutífera, com residências e intercâmbios com toda a cadeia produtiva cultural"Daniela Diniz, subsecretária substituta de Desenvolvimento e Promoção Cultural, da Secretaria de Cultura

Presente na cerimônia, a presidente do instituto, Roseana Braga, destacou a experiência da entidade no setor, com eventos no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e quatro edições do Movimento Internacional de Dança, por exemplo.

“Para nós é um desafio enorme, estamos bastante animados para fazer uma excelente gestão nesta casa tão significativa para todo mundo”, declarou.

O vice-presidente, Leonardo Hernandes, acredita que as 12 áreas disponíveis no Renato Russo vão favorecer a produção cultural dentro e fora do espaço.

“A perspectiva é a de que a gestão compartilhada vai atender artistas e, principalmente, a população.”

Para executar plano de trabalho adequado ao perfil e às características do espaço cultural, a instituição terá orçamento de R$ 800 mil.

Política de fomento para teatro

Durante a apresentação da gestão compartilhada do Espaço Cultural Renato Russo, foi lançada a Política Setorial do Teatro do Distrito Federal.

A iniciativa estabelece diferentes estratégias coordenadas pelo governo para fortalecer as atividades da cadeia produtiva das artes cênicas.

O objetivo principal é contribuir para posicionar o DF como importante polo de criação, produção, pesquisa, formação e difusão do segmento teatral.

A política lançada hoje integra a Política Distrital das Artes, instituída para garantir que as especificidades de cada setor da cultura sejam atendidas por políticas públicas.

São seis políticas setoriais:

Editais de chamamento público para o Espaço Cultural Renato Russo

Para espetáculos
OcupaçõesInscrições
Em fevereiroDe 10 a 30 de dezembro
De março a junhoDe 10 de dezembro a 27 de janeiro
De julho a dezembroDe 13 de maio a 12 de junho

 

Para residência artística 2019
PeríodoInscrições
Primeiro semestreDe 10 de dezembro a 13 de janeiro
Segundo semestreDe 6 de maio a 2 de junho

Pelo site do Espaço Cultural Renato Russo

Edição: Raquel Flores

Galeria de Fotos

Espaço Renato Russo abre chamamento para espetáculos e residência artística