19/12/18 19:33
Atualizado em 19/12/18 às 22:31

Com foco na diversidade, réveillon de Brasília terá artistas e DJs locais

Secretaria de Cultura anunciou nesta quarta (19) as atrações que animarão as festas da virada do ano-novo em shows no estacionamento do Mané Garrincha e na Prainha dos Orixás

Para promover uma festa focada na diversidade cultural, DJs e artistas de bandas locais, de gêneros musicais variados, foram escolhidos para animar as comemorações do réveillon Brasília 2019.

O anúncio foi feito, nesta quarta-feira (19), pela Secretaria de Cultura do Distrito Federal, que trouxe o resultado final do edital de chamamento público para contratação dos artistas.

As atrações serão:

DJ

  • DJ Pequi
  • GAB J

Sertanejo

  • Danilo e Daniel

Hip-hop

  • Rapadura Xique Chico

Pop Rock

  • Babi Ceresa

Cultura Popular

  • Banda Surdodum

As festas ocorrerão no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e na Praça dos Orixás, conhecida como Prainha.

Atrações nacionais também farão parte da programação. A comemoração no estádio conta, também, com a cantora sertaneja Naiara Azevedo e o rapper paulista Emicida. Nesse espaço a festa começa às 18 horas de 31 de dezembro.

Já na Prainha, a programação da tradicional celebração de virada de ano tem início às 20 horas e encerra-se a partir de 0h30, com a apresentação do grupo baiano Ilê Aiyê, o primeiro bloco afro-carnavalesco do País, em atividade há quatro décadas.

De acordo com a secretaria, os DJs receberão R$ 3 mil e os demais selecionados, R$ 20 mil cada um.

A estimativa de investimento para toda a festa é de R$ 2 milhões, sendo R$ 500 mil destinado à contratação de artistas e R$ 1,5 milhão para estrutura do evento.

­

Réveillon Brasília 2019

31 de dezembro

Às 18 horas, apresentação de artistas e DJ locais, Emicida e Naiara Azevedo

No estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental)

 

Às 20 horas, apresentação de artistas e DJ locais mais Ilê Aiyê

Na Praça dos Orixás — Prainha (Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2)

Acesso livre

Edição: Vannildo Mendes