26/12/18 11:05
Atualizado em 26/12/18 às 16:27

Delimitação de zonas no Lago Paranoá dá mais segurança para banhistas e esportistas

Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg assinou decreto, na manhã desta quarta (26), que estabelece o zoneamento de usos do espelho d’água

Com a ampliação do acesso ao Lago Paranoá, tornou-se importante definir os espaços corretos para utilização de cada usuário, para evitar principalmente acidentes entre banhistas e veículos motorizados.

Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg assinou decreto que estabelece o zoneamento de usos do espelho d’água na manhã desta quarta-feira (26).
Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg assinou decreto, na manhã desta quarta (26), que estabelece o zoneamento de usos do espelho d’água. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Nesse intuito, na manhã desta quarta-feira (26), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, assinou o Decreto nº 39.555, que estabelece o Zoneamento de Usos do Espelho d’Água do Lago Paranoá.

“As normas direcionam e orientam o usuário para que ele possa usar o lago de forma segura. É de interesse deles, tanto quanto nosso, que um banhista fique seguro longe de lanchas e de áreas de segurança”, esclareceu Rollemberg.

O decreto divide as áreas do lago em oito zonas:

  • Zonas de uso preferencial para banho
  • Zonas de uso preferencial para atividades náuticas não motorizadas
  • Zonas de uso preferencial para a motonáutica
  • Zonas de diluição de efluentes de estações de tratamento de esgotos
  • Zonas de segurança dos pontos de captação de água para abastecimento público
  • Zonas de segurança da Barragem do Lago Paranoá
  • Zonas de segurança nacional
  • Zonas de restrição ambiental

“A gente sabe que muitos acidentes ocorreram no passado. Em dez anos, 18 deles foram fatais. Criamos oito zonas, cinco delimitadas por lei e três de uso público. A população deve buscar esses mapas e auxiliar na segurança dos usuários”, explicou o diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Paulo Salles.

Os mapas que determinam os espaços de cada zona serão detalhados com coordenadas geográficas no decreto e publicados no site da Adasa, na aba Legislação.

Com a publicação, caberá à agência estabelecer cotas de volume de água do lago para assegurar os usos de cada zona.

O zoneamento passa a fazer parte do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba no DF.

Clubes recebem regularização para prestar assistência social

Na cerimônia, Rollemberg também assinou a regularização do Projeto da Lei dos Clubes. Por meio dele, as áreas de alguns clubes poderão receber entidades de assistência social.

O objetivo é dar acesso a estudantes de escolas públicas e de centros olímpicos. Em contrapartida, os valores de concessão de uso dos lotes serão reduzidos.

"Os clubes têm excelentes estruturas que ficavam vazias durante a semana e que agora poderão ser mais utilizadas pela população"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

“Damos mais um passo no processo de regularização da nossa cidade. Desde 2002 se lutava por esse processo. [Os clubes] têm excelentes estruturas que ficavam vazias durante a semana e que agora poderão ser mais utilizadas pela população”, disse o governador de Brasília.

O presidente do Sindicato de Clubes e Entidades de Classe Promotoras de Lazer e Esportes do Distrito Federal (Sinlazer-DF), Claudionor Santos, agradeceu o empenho desta gestão e ressaltou que os clubes esperaram mais de 30 anos por essa regularização.

Edição: Renaro Cardozo

Galeria de Fotos

Delimitação de zonas no Lago Paranoá dá mais segurança para banhistas e esportistas