8/2/19 13:35
Atualizado em 8/2/19 às 13:37

Secretaria de Cultura escolhe primeiro nome para curadoria do Festival de Cinema de Brasília

Cineasta Marcus Ligocki vai trabalhar para resgatar a relevância do evento que, neste ano, terá sua 52ª. edição

 Foto Andre Borges / Agência Brasília

 

O secretário de Cultura, Adão Cândido, anunciou o produtor e cineasta Marcus Ligocki como o primeiro curador escolhido para integrar a comissão de três membros que fará a concepção do 52º. Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. “Ligocki tem como desafio resgatar a pluralidade e a relevância do Festival”, afirmou o secretário.

“Fiquei honrado com o convite e aceitei com a consciência da grande responsabilidade atribuída a esta comissão. O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é um verdadeiro tesouro que pertence não só à nossa cidade, mas a todos os brasileiros. Enfrentaremos o desafio com o respeito e com a dedicação que o Festival exige”, garantiu o cineasta.

 

Amor pela telona

Formado em Comunicação Social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em Film & Television Business pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro. Ele é sócio fundador da produtora brasiliense Ligocki Entretenimento e produtor de seis longas-metragens dirigidos por Vladimir Carvalho, Renato Barbieri e Iberê Carvalho, entre outros, além de diretor do longa-metragem de ficção “Uma Loucura de Mulher”.

Marcus Ligocki coordenou a criação do curso de graduação em Cinema e Mídias Digitais do Iesb, em Brasília e foi consultor Sênior das duas edições do projeto Brasília Cinematográfica, do Ministério do Turismo. O cineasta foi diretor da Associação dos Produtores e Realizadores de Longas Metragens do Distrito Federal (Aprocine).