17/2/19 22:44
Atualizado em 17/2/19 às 22:57

Ação no Gama prioriza recapeamento asfáltico

Trabalho de revitalização e limpeza de vias, praças e buracos no Setor Leste deixa a comunidade satisfeita. Iniciativa já registra cerca de 32 mil ações em todo o DF

Fotos: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília
Trabalho de revitalização e limpeza de ruas, praças e buracos no Setor Leste deixou a comunidade satisfeita. Iniciativa já registra cerca de 32 mil ações

O aposentado Francisco das Chagas de Souza, 66 anos, morador há 35 anos do Gama, aguardava há muito tempo pela revitalização e limpeza da praça próxima da sua residência. Nesta sexta-feira (15/02), quando acordou e viu as equipes do Governo do Distrito Federal trabalhando, ele se sentiu feliz. “Estou muito satisfeito. Há muito tempo não víamos uma ação do governo aqui.  Corríamos o risco de os galhos das árvores caírem no nosso telhado. Essa poda aconteceu em boa hora”, alegrou-se.

Francisco conta também que há muito buracos nas ruas da região. “Vejo muitos carros quebrarem, empenarem ou até estourarem os pneus. Muito bom que estão tapando os buracos, também”, agradeceu. Já o vigilante Ademir Amâncio, 47, que mora na região há 22 anos, também ficou satisfeito com a ação. “É uma iniciativa importante do governo e veio em um momento de muita necessidade”, comenta.

Cerca de 60 servidores da ação SOS DF estiveram durante o dia nas quadras 30 e 31 do Gama.  Os serviços incluem tapa-buracos, remoção de entulhos, capina, roçagem, podas de árvores e limpeza de meio-fio e bocas de lobo. Uma equipe da administração regional também se instalou no local para ouvir as demandas dos moradores.

As ações terão continuidade neste sábado (16). O programa estará novamente na região no próximo dia 18 de março.

Lugar limpo para viver bem

Segundo a administradora regional do Gama, Juliana Navarro, o objetivo da iniciativa é dar ao cidadão o direito de um lugar limpo para que ele possa viver bem. “Um verdadeiro descaso se instalou na região.  Queremos resgatar a dignidade da população, que tem reclamado e pedido esses trabalhos”, explicou.

Juliana aponta que antes dos trabalhos terem início a equipe realizou um levantamento com os principais problemas da localidade e os pontos mais críticos. De acordo com o estudo, foi identificado que o asfalto estava em condições ruins e que havia muita sujeira na área, além da falta de manutenção dos equipamentos públicos, como parquinhos e quadras.

O diretor de Operações da Secretaria das Cidades, José Ronaldo Persiano, explica que, a pedido da Administração Regional, foi à cidade verificar a situação. “Identifiquei que a região carecia de uma atenção do governo. Nesse sentido, trouxemos o SOS DF para procurar resolver os problemas mais emergentes e necessários”, contou.

A segunda fase do SOS DF teve início no dia 04/02. Desde o início do programa já foram contabilizadas 32.549 ações. Estão envolvidos no projeto diversos órgãos do governo, como Novacap, CEB, DF Legal, SLU, Detran, DER e administrações regionais.

Confira as ações no relatório:

Relatório diário 15_02

 

Galeria de Fotos

SOS DF em ação no Distrito Federal (Gama)