14/5/19 19:21
Atualizado em 14/5/19 às 19:21

Secec apresenta diagnóstico de equipamentos culturais

A ideia é elaborar estratégias para recuperação, ocupação e sustentabilidade dos espaços, garantindo que eles possam atender à comunidade de acordo com suas vocações

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) iniciou em janeiro um projeto robusto de análise e diagnóstico da situação dos equipamentos culturais sob a gestão da pasta. A ideia é elaborar estratégias para recuperação, ocupação e sustentabilidade dos espaços, garantindo que eles possam atender à comunidade de acordo com suas vocações. O resultado deste estudo será apresenta à imprensa nesta quarta-feira (15), às 10h30, no Centro de Dança.

O estudo elaborado pela Subsecretaria do Patrimônio Cultural (Supac) observou desde a estrutura física dos espaços como adequação a normas de segurança, parte elétrica e o estado das edificações até o conteúdo que é apresentado ao visitante. Ao todo, 21 equipamentos como museus, complexos culturais, bibliotecas, galeria e teatro foram analisados, e em alguns casos, medidas para melhoria das instalações já estão em curso.

O secretário de Cultura e Economia Criativa Adão Cândido pontua que muitos desses locais sofrem com a falta de uma política contínua de preservação, o que resulta em depredação significativa de alguns locais. “Isso coloca em risco a segurança e o conforto dos servidores que trabalham ali diariamente e dos próprios visitantes”, diz.

Ele também explica que há um esforço da Secec em atualizar o conteúdo dos espaços, tornando-os mais atrativos e funcionais. “Precisamos adequar a comunicação dos espaços, trazer uma linguagem inclusiva e diversificada, para dialogar melhor com nossos públicos”.

Serviço
Coletiva – Diagnóstico dos Equipamentos Culturais da Secec
Data: 15/05
Horário: 10h30
Local: Centro de Dança do DF – SAN Quadra 01 – Brasília, DF

* Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa