15/5/19 10:06
Atualizado em 15/5/19 às 13:14

GDF Presente atende demandas da população de Sobradinho II

A ideia do programa é concentrar os trabalhos nas áreas com mais reclamações dos moradores

Ação do GDF Presente recolheu entulhos em Sobradinho II. Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Em mais um dia de ação do GDF Presente, o Governo do Distrito Federal descentralizou os seus serviços para atender as demandas da população de Sobradinho II. Para realizar os trabalhos, além dos equipamentos da administração regional, foram usados uma retroescavadeira, dois caminhões basculantes, um caminhão carroceria, dois caminhões pipa, uma pá carregadeira, uma retroescavadeira, dois rolos para tapa-buracos, uma patrol (máquina de nivelamento) e uma van. Uma média de 50 pessoas trabalham na força-tarefa.

A ideia do GDF Presente é concentrar os trabalhos nas áreas com mais reclamações dos moradores. Antes de receber a força-tarefa, a administração de Sobradinho II listou as principais demandas da população e os pontos mais críticos da região. Tapar os buracos e retirar entulhos estão entre as primeiras no “ranking das reclamações.

Por esse motivo, os trabalhos desta terça-feira (14) começaram pela limpeza dos pontos onde os moradores descartam, de forma ilegal, lixo e entulhos. De acordo com a administração, os setores Buritizinho, o Polo de Cinema e o Parque Canela da Ema estão entre os que mais demandam retirada de lixo e entulho. Já o Setor de Mansões precisa receber a operação tapa-buracos e a Vila Rabelo requer terraplanagem.

Os trabalhos do GDF Presente incluem ainda a lavagem das paradas de ônibus, limpeza de bocas de lobo e molhagem das estradas para amenizar a poeira. As ações devem durar aproximadamente seis dias e, em seguida, os serviços serão feitos nas regiões da Fercal, Planaltina e Sobradinho I, atendendo uma população de cerca de 367.493 habitantes.

Para o Administrador Regional de Sobradinho II, Alexandre Yanez, os trabalhos são de grande importância e garantem uma manutenção constante para a região. Segundo o secretário de Cidades, Gustavo Aires, o GDF Presente vai melhorar o serviço prestado, permitindo eficiência e rapidez na solução dos problemas. Consequentemente, levará mais qualidade de vida à população.