16/5/19 14:44
Atualizado em 16/5/19 às 14:44

Governo planeja estender acordo de revitalização da Praça dos Três Poderes a outros espaços no DF

Na manhã desta quinta-feira (16), parceria foi firmada com o Supremo Tribunal Federal para recuperação de área ao redor do Palácio do Judiciário

Governador Ibaneis Rocha assina acordo de cooperação técnica para revitalização da Praça dos Três Poderes. Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF) estuda ampliar para outros monumentos e espaços públicos de Brasília um plano de revitalização de áreas administradas pelo Executivo local. Nesta quinta-feira(16) o governador Ibaneis Rocha assinou um acordo de cooperação com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Tofolli, dando ao órgão do judiciário o direito de administrar parte da Praça dos Três Poderes.

A partir hoje e por um prazo de 60 meses, ficará a cargo do STF cuidar do espaço em frente à sede do Judiciário e da área verde que circunda o órgão, o que inclui o Bosque dos Ministros e o Bosque dos Pinus.

De acordo com o governador Ibaneis, a ideia é cuidar do conjunto arquitetônico da Esplanada dos Ministérios por meio de parcerias, desde a Catedral até a Praça dos Três Poderes. “Nos temos aqui vários palacios abandonados, os ministérios abandonados e até as paradas de ônibus precisam ser revistas.”

Ibaneis também ressaltou a necessidade de construção de mais banheiros públicos na cidade, principalmente nas áreas de concentração de visitantes e lembrou da implantação do Centro de Apoio do Turista (CAT), reaberto da Casa de Chá da praça, está ano.

O acordo de cooperação técnica assinado com o STF inclui órgãos da União e do GDF. Para a revitalização da Praça estão previstos investimentos em torno de R$ 10 milhões.

Veja também:

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2019/05/15/gdf-transfere-para-o-stf-gestao-de-parte-da-praca-dos-tres-poderes/

 

Galeria de Fotos

GDF transfere para STF gestão de parte da Praça dos Três Poderes