16/7/19 17:51
Atualizado em 17/7/19 às 13:08

Parcerias com iniciativa privada são detalhadas para empresários

Secretário de Projetos Especiais, Everardo Gueiros falou sobre o funcionamento da pasta que coordena e a dinâmica do governo Ibaneis Rocha, com foco em gestão empreendedora

| Foto: Secretaria de Projetos Especiais

O estreitamento de parcerias entre o Governo do Distrito Federal e a iniciativa privada e o empenho do atual governo do DF (GDF) para retomada do desenvolvimento econômico de Brasília e regiões administrativas, sobretudo por meio de novos projetos de infraestrutura. Este foi o principal tema de palestra ministrada nesta terça-feira (16) pelo secretário de Projetos Especiais, Everardo Gueiros, na Amcham Brasil – Câmara Americana que integra empresários brasileiros e de outros países.

Gueiros explicou a aproximadamente 50 empresários o trabalho desenvolvido pela pasta que coordena e sua atuação. A secretaria realiza a prospecção, busca parcerias e faz avaliação de projetos que, após aprovados, passam a ser desenvolvidos por outros órgãos do GDF.

O secretário detalhou tanto os projetos que devem ter edital de chamamento até o final do ano, como também outros que ainda estão em fase de avaliação. Explicou que o governador Ibaneis Rocha tem adotado uma nova dinâmica em sua gestão, de caráter bem mais empreendedor. Neste sentido, estão sendo estudadas formas de se conseguir fugir da escassez de recursos por meio de parcerias em várias modalidades.

“Temos muito potencial para parcerias por aqui. O Distrito Federal tinha tudo para ser o celeiro de entrada para o Agronegócio no país, mas ainda não é. Temos também uma grande área tombada em Brasília, que pode ajudar no incremento do Turismo, temos espaço para instalação de empresas de base tecnológica (startups), por meio do Parque Tecnológico de Brasília, Biotic – considerado importante centro de excelência em tecnologia sediado no DF”, disse.

Avenida das Cidades

Segundo Everardo Gueiros, para que haja desenvolvimento é preciso existir investimento em infraestrutura. A título de exemplo, citou alguns casos que estão sendo priorizados, dada sua magnitude e importância para o Distrito Federal.

A Avenida das Cidades (também conhecida como Transbrasília), a Nova Saída Norte e os novos sistemas de iluminação pública e de gestão de resíduos sólidos no DF são alguns deles.

Em relação à Avenida das Cidades, que já vem se arrastando há mais de dez anos e que será uma obra de longa duração, a via cortará todas as regiões administrativas do DF e tem previsão de custo de mais de R$ 3 bilhões. Além disso, movimentará toda a economia da região, com expectativa de vir a gerar algo em torno de 80 mil empregos diretos e indiretos.

De acordo com o secretário, além da mobilidade a ser oferecida à população, esta PPP também está atrelada à integração da estrada com núcleos a serem criados para atividades de lazer, entretenimento, moradia e trabalho num mesmo lugar.

No caso da Nova Saída Norte, o projeto de parceria completa a obra no Trevo de Triagem que está sendo construído e será inaugurado ainda este ano. O novo trecho faz a ligação com Sobradinho e Planaltina, possililitando a construção de uma pista exclusiva para o BRT.

Já o sistema de iluminação pública permitirá a iluminação de mais de 300 mil pontos de luz (elétricos) em áreas públicas para todas as regiões administrativas do DF. Consiste num trabalho que abrange a troca de tecnologias das lâmpadas atuais, o que é importante em termos de redução de consumo de energia.

O sistema permitirá melhoria do nível da gestão, que a partir da instalação de um centro de controle operacional, propiciará ao DF a melhoria no fornecimento de energia como um todo, além de corrigir falhas no sistema que possam vir a acontecer.

Entrosamento

Gueiros respondeu a vários questionamentos dos empresários presentes. A forma como ocorreu o evento permitiu bom entrosamento entre ele e os participantes e, também, integração do grupo com os subsecretários da Sepe, que participaram do encontro e foram incluídos na conversa pelo secretário.

O palestrante comunicou que toda a equipe da Sepe está à disposição dos presentes para que mantenham contato com o secretário e sua equipe. Essa interação possibilitará a apresentação de sugestões para melhorias que levem a transformações positivas aos vários segmentos do DF.

“Foi muito boa a palestra e o entrosamento mostrado pelo Everardo. Quanto mais o governo do DF conseguir mostrar e esclarecer para nós as ações que estão sendo prospectadas e executadas, mais poderemos participar e pensar em formas de contribuir, o que ajuda no desenvolvimento de todos”, afirmou Luciano Lunker, proprietário da empresa Bliss, de instrutores esportivos (intitulada “rede de não-academia”).

“A apresentação de detalhes sobre estas ações que estão sendo desenvolvidas é sempre muito positiva”, destacou Anita Rodrigues, proprietária da empresa Sorbê, outra que também aprovou a iniciativa.

A Amcham Brasil é uma Câmara Americana que integra o Brasil inteiro, e atua ligando empresas brasileiras e internacionais em um ambiente que extrapola fronteiras na geração de conteúdo, de modo a permitir um ativo importante de produtos e serviços empresariais. Tem sedes, além de Brasília, em São Paulo, Belo Horizonte, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Salvador e Uberlândia.

Participaram da palestra, representando a Secretaria ao lado de Everardo Gueiros, o secretário-executivo da pasta, Roberto Andrade; o subsecretário de Desestatização, Desinvestimento e Desimobilização, Sidrack Correia Neto; o subsecretário de Prospecção de Projetos, Ronaldo Cherulli; e o subsecretário de Estruturação e Gestão de Projetos, Eduardo Silveira.

* Com informações da Secretaria de Projetos Especiais