15/8/19 16:43
Atualizado em 15/8/19 às 16:43

Música e dança marcam oitavo aniversário do Caps-AD Rodoviária

Evento para pacientes contou ainda com recital de poemas e outras atividades lúdicas

Pacientes e profissionais de saúde comemoraram, nesta quinta-feira (15), o oitavo aniversário do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps-AD III) Rodoviária Candango, localizado na Quadra 5 do Setor Comercial Sul, em Brasília (DF). Muita música e dança, além de recital de poemas e outras atividades lúdicas, marcaram o dia dos usuários.

“O Caps vem para fortalecer e melhorar a vida dos pacientes que fazem uso de álcool e outras drogas”, explica a gerente da unidade, Vanessa Ribeiro. “Nesses oito anos, muitos passaram por nosso serviço e melhoraram sua saúde mental e física”. Ela ressalta que o espaço é um local de acolhimento para pessoas com problemas familiares e em vulnerabilidade social.

Aproximadamente 1,6 mil atendimentos são feitos por mês no local – cerca de 30%, de pessoas em situação de rua. O serviço funciona de portas abertas, sem a necessidade de agendamento, e oferece atividades recreativas e educativas, como oficinas, grupos terapêuticos, atendimentos individuais e grupos para familiares, entre outros serviços.. A maioria dos pacientes vem por demanda espontânea, sendo atendidos 24 horas por dia.

Equipe

A unidade é referência a pacientes da Asa Sul, Asa Norte, Lago Sul, Lago Norte, Cruzeiro, Octogonal, Varjão, Vila Planalto, Vila Telebrasília, Setor de Oficinas (SOF) Norte e o Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (Saan).

Inaugurado em 2011, no lançamento do Plano de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, o Caps Rodoviária Candango conta com uma equipe multiprofissional formada por psiquiatras, psicólogos, clínico médico, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, farmacêuticos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e técnicos administrativos.

* Com informações da Secretaria de Saúde