27/8/19 19:34
Atualizado em 27/8/19 às 20:04

Gestores da Saúde se reúnem no Adolescentro

Pauta tratou do fluxo de pacientes da unidade e do atendimento oncológico na rede

O Adolescentro foi a unidade escolhida para a reunião semanal de gestores da Secretaria de Saúde (SES), nesta terça-feira (27). O encontro começou com uma técnica de respiração polarizada que ajuda a reduzir o estresse. Em seguida, o grupo circulou pelo espaço, referência em atendimento a adolescentes com transtornos psicológicos.

“Apesar da pauta da reunião ser relacionada ao câncer, acabamos tratando de assuntos referentes ao trabalho do Adolescentro”, explicou a secretária-adjunta de Assistência, Renata Rainha.  “O espaço é acolhedor e é um serviço da Secretaria de Saúde que não tem fila.”

Durante visita à unidade, além de conhecer o trabalho desenvolvido, os superintendentes regionais de saúde e gestores das atenções primária e secundária discutiram o fluxo de encaminhamento dos pacientes atendidos no Adolescentro. Após isso, assistiram a uma apresentação de dados de monitoramento de casos de câncer e atendimento.

Encaminhamento

A superintendente da Região de Saúde Sudoeste, Lucilene Florêncio, sugeriu que os adolescentes de alta sejam encaminhados à atenção secundária e não às unidades básicas de saúde (UBS). “O modelo de atenção primária mudou, e é preciso atentar-se a isso, para que as regiões consigam fazer o acompanhamento desses adolescentes de forma correta”, justificou. A proposta foi bem recebida pelos colegas.

Renata Rainha destacou que o objetivo é incentivar os profissionais do serviço especializado a participarem de matriciamento com os servidores de outros níveis de atenção, para que os pacientes sejam atendidos em suas regiões. “O Adolescentro é para acolher casos mais graves, e, assim que estiverem estabilizados, devem voltar para suas regiões”, disse.

* Com informações da SES