3/9/19 15:14
Atualizado em 3/9/19 às 17:03

Brasília Ambiental inova com sistema de monitoramento Urutau

Nome da ferramenta é uma homenagem à ave conhecida como “olho mágico”

Presidente e os ex-presidentes do Brasília Ambiental entregaram certificados a servidores como reconhecimento pela criação da ferramenta online | Foto: Secretaria de Meio Ambiente

O Brasília Ambiental lançou na manhã desta terça-feira (3), na Escola de Governo (Egov), o sistema online de monitoramento de condicionantes. Batizada de Urutau, a ferramenta visa melhorar o fluxo dos processos e proporcionar mais transparência ao licenciamento ambiental.

Ave de hábitos noturnos e que dá nome à ferramenta, o Urutau usa a plumagem para se camuflar | Foto: Secretaria de Meio Ambiente

O Urutau será acessado pelo público externo, em que o interessado poderá ver tudo o que está acontecendo em seu processo. “O sistema, assim como o hábito do pássaro que dá nome a esta nova ferramenta, discretamente fornece transparência e emissão de alertas sobre o licenciamento ambiental”, comentou o presidente do Brasília Ambiental, Edson Duarte.

Já o superintendente de Licenciamento Ambiental, Alisson Neves, enalteceu a proatividade do corpo técnico da autarquia nos trabalhos de criação do Urutau. “Cabe destacar que essa ferramenta não custou nada aos cofres públicos graças à cooperação dos servidores que acreditaram em seu potencial e trabalharam em busca de soluções”, enfatizou.

Além do presidente do Brasília Ambiental e de Alisson Neves, participaram do lançamento a chefe da Unidade de Tecnologia e Gestão de Informação Ambiental, Tatiane Correia; o subsecretário de parcelamentos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Marcelo Meira; os representantes da Empresa de Planejamento e Logística S.A., Antônio Barreto e Juliana Carine, e o Coronel Medeiros, representando o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Também estiveram na solenidade os ex-presidentes do Brasília Ambiental Gustavo Souto Maio (SLU) e Aldo César Fernandes (Novacap). Durante o evento foram apresentadas as funcionalidades do sistema que, além de ser um banco de dados com todas as informações do licenciamento ambiental em si, também auxiliará no controle do cumprimento das condicionantes pelo departamento de fiscalização e licenciamento do Brasília Ambiental.

Ao final do lançamento, o presidente e os ex-presidentes da autarquia entregaram certificados aos servidores Gustavo Couto, Fernanda Cruz Soares e Guilhermino Rocha, como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na criação do Urutau.

Mimetismo

O sistema tecnológico homenageia uma ave de hábitos noturnos, que usa a plumagem para se camuflar (fenômeno do mimetismo), passando-se facilmente por um pedaço de madeira ou galho de árvore. Costuma ficar estático por horas, não se assustando facilmente.

A ave também é conhecida como “olho mágico”, pois tem a habilidade de enxergar, mesmo com os olhos fechados, devido às duas fendas em suas pálpebras superiores.

 

* Com informações da Secretaria de Meio Ambiente