28/9/19 14:23
Atualizado em 28/9/19 às 17:16

Núcleo Bandeirante agora também tem Wi-Fi Social

Além dos pontos fixos espalhados pelo DF, já são cerca de 400 ônibus com o serviço

Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

A exemplo de outras localidades do DF, a Feira do Núcleo Bandeirante ganhou um ponto de internet para livre uso da população. O Wi-Fi Social – projeto da Secretaria de Ciência e Tecnologia que oferece internet gratuita – foi inaugurado neste sábado (27) seguindo a estratégia de ser instalado em locais de grande circulação de pessoas, para abranger o maior número possível de usuários.

A conexão já foi instalada na Feira de Ceilândia, Feira do Guará, Feira do Produtor de Vicente Pires, Na Hora da Rodoviária do Plano Piloto, Unidade de Pronto Atendimento da Ceilândia, Palácio do Buriti, Rodoviária do Plano Piloto e Terminal BRT do Gama e de Santa Maria. Já são cerca de 400 ônibus com o serviço. Aproximadamente 700 mil pessoas usam o serviço diariamente.

Leia mais sobre o Wi-Fi Social

A promessa do governador Ibaneis Rocha, por meio da secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, é de transformar o Distrito Federal na capital da tecnologia e conectividade.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gilvan Máximo, lembrou que o DF pulou de 15 º para 4 º lugar em termos de cidade inteligente. “Isso graças ao Wi-Fi Social, que está conectando o cidadão”, pontuou.

Para a feirante Helena dos Santos Soares, 38 anos, o serviço é muito bem-vindo. “Estávamos muito precisando. Às vezes queremos resolver algum problema pela internet e não tínhamos como. Sem contar que vai atrair mais clientes”, frisa.

A presidente da Associação dos Feirantes da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante, Sheila Guedes Leites, a ação é importante tanto para o feirante quanto para os clientes. “Tendo esse atrativo, as pessoas permanecem mais tempo na feira e têm a oportunidade de conhecer nossos produtos”.

O projeto

O projeto não tem custos nem para o GDF nem para o usuário. A intenção é que o sinal chegue a locais de grandes concentrações de pessoas como hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPA), terminais rodoviários, feiras e estações de metrô.

A população recebe internet de fibra com, no mínimo, 512 KBPS. Essa velocidade é suficiente para que o usuário tenha acesso às redes sociais e consiga assistir vídeos, enviar e-mails e realizar chamadas de vídeo, entre outros serviços.

Participaram da solenidade de lançamento, além do Secretário Gilvan Máximo, os Administradores Regionais de Samambaia, Gustavo Aires, e do Núcleo Bandeirante, Adalberto Ferreira, os Subsecretários da Secretaria de Cidades Cléber Monteiro e Flávio Araújo, e outras autoridades.

Galeria de Fotos

Lançamento do WI-FI Social na feira permanente do Núcleo Bandeirante