9/10/19 19:04
Atualizado em 9/10/19 às 19:36

Produtores rurais e moradores comemoram andamento das obras na DF-285

Mais de 10 quilômetros de recapeamento vão trazer segurança e conforto à rodovia

| Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

“Eu pensava que a minha geração nunca ia ver isso acontecer. Nós não tínhamos mais esperança. Este é um sonho.”

A frase é de Ângela Maria Ribeiro, moradora do Núcleo Rural Jardim 2 há 39 anos, em referência às obras de pavimentação na DF- 258, trecho importante para produtores agrícolas que abastecem o Distrito Federal.

Em janeiro de 2019, o governador Ibaneis Rocha assinou ordem de serviço para a licitação da obra. Concluído o andamento do processo, os trabalhos tiveram início em 11 de setembro e estão em fase de terraplanagem.

Serão pavimentados 10,5 quilômetros de extensão que vão da DF- 285 até o entroncamento com a DF- 100. A rodovia também ganhará duas faixas de rolamento, acostamento e ciclovia. O valor estimado para a obra é de R$ 16 milhões. Caberá à empresa NG Sigma, vencedora da licitação, administrar a aplicação da verba.

| Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Essa é mais uma ação do GDF Presente e vai beneficiar moradores e produtores de toda a região com o escoamento de produção agrícola na área do PAD-DF e Unaí (MG). As melhorias também beneficiarão as cidades circunvizinhas de Cabeceira Grande (uma das maiores do Brasil, considerando-se a produção por hectare), Buriti de Minas e Palmital.

“Eu vi isso aqui nascer e crescer e sei de todas as nossas dificuldades. Nunca tivemos o prazer de comprar um carro novo, pois em três anos ele ficava todo danificado. As produções das nossas hortaliças também ficavam afetadas. Enfim, era muito problema, por isso estamos tão gratos”, acrescentou Ângela Ribeiro.

Satisfeito com a obra, o professor do CEF Jardim Marlon Roger Peres, morador da região há 33 anos, também falou à reportagem sobre a dificuldade de seus alunos em chegar à escola. “Os estudantes muitas vezes chegam empoeirados e têm que enfrentar uma estrada cheia de relevos e buracos. É um risco a segurança deles, principalmente em períodos chuvosos”, relata.

De acordo com o engenheiro do 4º Distrito Rodoviário do DER, Fabiano Guimarães, a previsão de entrega da rodovia é de 180 dias. Porém, esse prazo pode ser estendido caso a chuva interrompa as obras.

Galeria de Fotos

Produtores rurais e moradores comemoram andamento das obras na DF-285