19/10/19 16:15
Atualizado em 20/10/19 às 16:42

Centro Olímpico e Paralímpico de Samambaia comemora 10 anos

Teve festa para a comunidade, com muita música e esporte

Foto: Divulgação / Secretaria de Esporte e Lazer

O Centro Olímpico e Paralímpico (COP) de Samambaia comemorou, nesta sexta-feira (18), 10 anos de sua inauguração. Para celebrar o aniversário da primeira unidade do Distrito Federal, a Secretaria de Esporte e Lazer realizou uma festa para a comunidade, com aulas especiais de ginástica e apresentações musicais. Para as crianças, atividades recreativas e brinquedos infláveis fizeram a alegria.

Para o secretário da pasta, Leandro Cruz, os Centros Olímpicos e Paralímpicos são instrumentos que proporcionam qualidade de vida e auxiliam na iniciação esportiva. “O de Samambaia completa hoje 10 anos de história transformando vidas e incentivando a prática esportiva. É uma honra tocar este projeto e ajudar a mudar a realidade de vida dos cidadãos. Gostaria de agradecer aos professores, coordenadores, todos os profissionais que trabalham no Centro, aos pais e aos alunos”, observou.

Foto: Divulgação/Secretaria de Esporte e Lazer

O ginásio do COP lotou com pessoas de todas as idades que fizeram questão de celebrar a data. Paulo Henrique Liberato, 12 anos, é aluno de natação e vôlei. Ele frequenta o local quatro vezes por semana. “Comecei a praticar esporte com 10 anos aqui. Eu adoro as aulas. Os professores são ótimos e o esporte ajudou a melhorar minha saúde e autoestima”, contou. Além dele, os pais, a irmã e o primo também são frequentadores assíduos do Centro.

Maria Carolina Batalha, 12 anos, frequenta o COP desde 2017. Ela faz aulas de ginástica rítmica e para esta festa a turma dela preparou uma apresentação ao som do ballet “Quebra-nozes”. “É muito legal fazer parte desta celebração. Ao longo do ano a gente aprende tanta coisa aqui dentro e esta apresentação é uma forma de retribuir”, disse.

Centros Olímpicos e Paralímpicos

Os Centros Olímpicos e Paralímpicos têm a finalidade de assegurar o atendimento socioeducativo por meio da prática esportiva, de ações transversais, sociorrecreativas e de lazer, contribuindo, assim, para o pleno desenvolvimento humano.

São 12 unidades no DF (Planaltina, Setor O, Parque da Vaquejada, Sobradinho, São Sebastião, Riacho Fundo I, Samambaia, Recanto das Emas, Estrutural, Gama, Brazlândia e Santa Maria) que atendem crianças (a partir de 4 anos), adolescentes, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência.

Os COPs oferecem aos alunos diversas modalidades esportivas como natação, hidroginástica, basquete, futebol, ginástica, karatê, etc. E atendem cerca de 30 mil alunos.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer