7/11/19 12:06
Atualizado em 7/11/19 às 15:20

Inmet: volume de chuva está dentro do previsto

O acúmulo de água foi maior na região do Sudoeste, com 23,3mm e rajadas de vento de 70km/h no início da manhã

A região central de Brasília, especificamente no Sudoeste, foi a que recebeu o maior volume de água acumulado no temporal que caiu em todo o Distrito Federal no início da manhã desta quinta-feira (7). 

Do final da madrugada até as 10h, foram registrados 23,2 milímetros de águas pluviais – 16,6 milímetros só entre as 8h e 9h. Para se entender melhor essa quantidade, seria como se 23 litros de água fossem despejados durante o período em uma área de 1 metro quadrado.  

Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Ainda assim, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado está dentro do previsto para todo o mês de novembro – que é de 226,9 milímetros. Até a manhã desta sexta-feira (8), o órgão manterá o aviso especial de estado de atenção – que é o amarelo e o primeiro deles –, já que ainda pode chover forte em todo a região. Os outros dois são o de alerta (laranja), e o de emergência (vermelho). 

“O volume foi intenso, mas ainda dentro do previsto para o período no Distrito Federal. Nada fora do comum, já que novembro é um mês considerado chuvoso”, explica a meteorologista do Inmet, Naiane Araújo.

Escola rural de Queima Lençol, na Fercal: transtornos. Foto: Divulgação

O Gama e Águas Emendadas (no Noroeste do DF) foram, na sequência, as regiões onde mais choveu nesta manhã – 15,8 milímetros e 14,4 milímetros, respectivamente. 

No Paranoá foram registrados 4,8 milímetros de chuva no período, enquanto em Brazlândia foi 1,4 milímetros. Além do Sudoeste, essas são as regiões onde há estações meteorológicas de medição pluvial do Inmet. A Região Central foi também onde se registrou a rajada máxima de ventos: 68 km/h no Sudoeste.